Morre Stephen Sondheim, coautor de West Side Story e lenda da Broadway, aos 91 anos

Segundo amigo próximo, Stephen Sondheim, um dos mais icônicos compositores da Broadway, morreu 'repentinamente' aos 91 anos

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 26/11/2021, às 19h53

None
Stephen Sondheim (Foto: Reprodução/Twitter)

Um dos compositores mais icônicos e memoráveis da Broadway, Stephen Sondheim morreu nesta sexta, 26 de novembro, aos 91 anos, em sua casa em Roxbury, no estado de Connecticut (EUA). A lenda dos musicais foi responsável por co-escrever West Side Story(1957) e compor outros sucessos como Sweeney Todd (1979), Dentro da Floresta (1986) e A Little Night Music (1973), dentre vários outros espetáculos.

A notícia foi confirmada pelo jornal norte-americano The New York Times, que noticiou como o advogado e amigo de Sondheim, F. Richard Pappas, anunciou a morte como "repentina" e não divulgou o motivo. Segundo Pappas, o artista celebrou o feriado do Dia de Ação de Graças com amigos nesta quinta, 25 de novembro.

+++LEIA MAIS: Amor, Sublime Amor: Por que Steven Spielberg quis fazer remake do filme?

Um dos pioneiros nos musicais, o autor estabeleceu um novo padrão para musicais "tipicamente americanos." De acordo com informações do Deadline,Sondheim dominou a Broadway e foi considerado o melhor compositor da segunda metade do Século XX. Ao lado de um grupo seleto, conseguia escrever diálogos de peças e letras de canções.

 
 
 
 
 
View this post on Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Stephen Sondheim (@realsondheim)

 

West Side Story — traduzido no Brasil como Amor, Sublime Amor —, foi composto por Leonard Bernstein, mas as letras das músicas são de Stephen Sondheim. Ambientado nos anos 1960, em Nova York (EUA), o musical trata de um conflito entre gangues rivais: uma composta por norte-americanos, e a outra, por porto-riquenhos. Tornou-se um clássico instantâneo.

+++LEIA MAIS: Tick, Tick... Boom!: 4 motivos para assistir musical da Netflix com Andrew Garfield [LISTA]