Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Entretenimento / Escolhas

Por que Hunter Schafer não quer mais fazer papéis de mulheres trans?

'Tem sido muito intencional. Recebi ofertas de vários papéis trans e simplesmente não quero fazer isso. Eu não quero falar sobre isso', disse a atriz

Hunter Schafer (Foto: Sebastian Reuter/Getty Images)
Hunter Schafer (Foto: Sebastian Reuter/Getty Images)

Uma das atrizes mais talentosas e conhecidas da geração, Hunter Schafer participou de produções como Euphoria, Jogos Vorazes – A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes (2023) e Cuckoo (2024). Agora, ela fez uma decisão na carreira: parar de atuar em papéis de mulheres trans.

Vale destacar como a artista não quer que identidade de gênero seja o único ponto de discussão sobre ela, que tenta evitar dizer a palavra "trans" durante entrevistas, com intuito de garantir que a carreira não seja definida apenas pela identidade. Durante entrevista à GQ, Schafer falou sobre esse assunto.

+++LEIA MAIS: Euphoria: Hunter Schafer quase recusou papel de Jules na série; entenda

"Isso não aconteceu naturalmente de forma alguma. Se eu deixasse isso acontecer, ainda estaria aparecendo 'Atriz Transsexual' antes de cada artigo," afirmou. "Assim que eu digo [a palavra 'trans'], ela decola. Demorou um pouco para aprender isso e também demorou um pouco para aprender que não quero ser [reduzida a] isso, e acho que isso é, em última análise, humilhante para mim e para o que quero fazer."

Especialmente depois do ensino médio, eu estava cansada de falar sobre isso. Trabalhei tanto para chegar onde estou, superei esses pontos realmente difíceis na minha transição, e agora só quero ser uma garota e finalmente seguir em frente.

Em seguida, Hunter Schafer explicou como sabe que "é um privilégio" poder mudar o foco para além da identidade de gênero dela: "Tem sido muito intencional. Recebi ofertas de vários papéis trans e simplesmente não quero fazer isso. Eu não quero falar sobre isso."

+++LEIA MAIS:Euphoria: Hunter Schafer comenta triângulo amoroso de Rue, Jules e Elliot

"Sei com certeza que sou uma das pessoas trans mais famosas da mídia no momento e sinto um senso de responsabilidade, e talvez um pouco de culpa, por não ser mais uma porta-voz," continuou a atriz. "Mas, em última análise, acredito realmente que não fazer disso a peça central do que estou fazendo me permitirá ir mais longe."

E acho que ir mais longe e fazer coisas incríveis, no interesse do 'movimento,' será muito mais útil do que falar sobre isso o tempo todo.