Cardi B ganha US$ 4 milhões em processo por difamação; entenda

A rapper Cardi B será indenizada pela youtuber Tasha K por difamação e invasão de privacidade

Redação Publicado em 26/01/2022, às 10h27

None
Cardi B (Foto: Getty Images /Tommaso Boddi)

A rapper Cardi B ganhou US$ 4 milhões em um processo judicial contra a youtuber Tasha K, acusada de difamação e invasão de privacidade. A ação legal começou em 2019 após a blogueira compartilhar vídeos com “rumores maliciosos”. (Via The Guardian)

Latasha Kebe, conhecida como Tasha K, afirmou que Cardi B era uma prostituta, usava cocaína e contraiu infecções transmissíveis, além de declarar que o filho da rapper tinha deficiências intelectuais.

+++ LEIA MAIS: Cardi B responde declaração de Mc Dricka de que rapper supostamente era paga para ouvir funk brasileiro; entenda

De acordo com o documento oficial, Cardi B enviou cartas para Kebe retirar os vídeos do canal no Youtube, porém a ação não foi realizada.

Do valor total garantido à Cardi B, US$ 25 mil correspondem aos gastos médicos da rapper, que afirmou ter tido pensamentos suicidas após o compartilhamento das notícias falsas, e US$ 1,3 milhões aos custos com taxas legais.

+++ LEIA MAIS: You: Cardi B na 4ª temporada? Penn Badgley comenta possibilidade

Kebe chegou a se manifestar no Twitter e dizer: 'Meu marido, advogado [sic] e eu lutamos muito. Quero agradecê-los por suas longas horas e noites sem dormir...'"

As músicas mais ouvidas no streaming no Brasil em 2021

No início de 2022, o Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) divulgou uma nova edição do relatório O que o Brasil Ouve e revelou as canções mais ouvidas no ano passado nessas múltiplas plataformas.

+++ LEIA MAIS: Como começou amizade de Cardi B e Penn Badgley?

Cardi B aparece em dois lugares no ranking. Com "Wap," ocupou o 13º lugar e garantiu a última posição da lista com "Me Gusta", parceria com Anitta e Myke Towers.