Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Há 2 anos, o mundo se despedia do lendário guitarrista Eddie Van Halen

No dia 6 de outubro de 2020, Wolfgang Van Halen, o filho do renomado músico, usou as redes sociais para divulgar a trágica notícia; relembre

Pamela Malva Publicado em 06/10/2022, às 14h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Eddie Van Halen (Foto: by Rich Fury/Invision/AP)
Eddie Van Halen (Foto: by Rich Fury/Invision/AP)

Há 50 anos, os irmãos Alex e Eddie Van Halen uniram seu amor pela música e criaram uma das maiores bandas de hard rock da história, o Van Halen. Ainda em 2022, há exatos dois anos, contudo, o grupo foi abalado pelo falecimento de um de seus fundadores.

Nascido em Amsterdã, Edward Lodewijk Van Halen teve um de seus primeiros contatos com a música quando começou a ter aulas de piano aos seis anos de idade. Mais tarde, pouco antes de completar 10 anos, mudou-se para os Estados Unidos, onde começou a tocar bateria, enquanto seu irmão, Alex, aprendia seus primeiros acordes na guitarra.

Não demorou até que os irmãos decidissem trocar de instrumentos, na mesma época em que também fundaram sua primeira banda, o The Broken Combs. Décadas mais tarde, com o potente Van Halen já conhecido em todo o mundo, Eddie foi considerado um dos maiores guitarristas da história — o 8º entre os 100 maiores, de acordo com a Rolling Stone.

+++LEIA MAIS: Eddie Van Halen do início ao fim: do glamour dos anos 1980 à brava luta contra o câncer

Enquanto a vida profissional de Eddie disparava, entretanto, a saúde do guitarrista entrava em período complexo. Isso porque, no ano 2000, o músico foi diagnosticado com câncer de língua e chegou a fazer uma cirurgia complexa que removeu um terço do músculo em sua boca. Graças aos tratamentos, ele recebeu a notícia de que estava livre da doença em 2002.

Anos mais tarde, já em 2017, Eddie Van Halen recebeu mais um diagnóstico assustador, dessa vez de estágio quatro de câncer de pulmão. Em 2019, o guitarrista foi internado e surgiram notícias de que ele já estavabuscando tratamento na Alemanha há algum tempo.

No dia 06 de outubro de 2020, em plena pandemia do Coronavírus, o lendário guitarrista do Van Halen faleceu aos 65 anos, após sua duradoura batalha contra o câncer. Meses mais tarde, relatórios hospitalares revelaram que a causa da morte teria sido um acidente vascular cerebral — sem contar que o câncer já havia se espalhado para outros órgãos.

Eddie Van Halen
Eddie Van Halen (Foto: Rick Scuteri/AP)

+++LEIA MAIS: Red Hot Chili Peppers homenageia Eddie Van Halen em música emocionante; ouça 'Eddie'

No atestado de óbito, os médicos ainda pontuaram que, além do câncer de pulmão, o músico também sofria com sintomas de pneumonia, distúrbio da medula óssea, síndrome mielodisplásica, batimento cardíaco irregular e câncer de pele na cabeça e no pescoço.

Em novembro de 2020, pouco tempo depois da morte de Eddie, o filho do guitarrista, Wolfgang Van Halen, falou sobre o pai no programa The Howard Stern Show. Na entrevista, o também músico lembrou do assustador diagnóstico que Eddie recebeu em 2017.

"Ele foi diagnosticado com câncer de pulmão em estágio 4", lembrou, citando um estágio da doença em que a cura é bem mais complexa. “Os médicos disseram que ele só tinha seis semanas de vida”, lembrou Wolfgang, na época.

+++LEIA MAIS: Ex-mulher de Eddie Van Halen critica ações de Eric Clapton: ‘Uma vez babaca, sempre babaca’

Ao partir, Eddie deixou para trás um filho, uma viúva, uma ex-esposa, seu irmão e uma legião de fãs que não conseguiam acreditar na notícia. Tendo lançado mais de 10 discos de estúdio pelo Van Halen, o músico também deixou uma fortuna de cerca de US$ 100 milhões em seu nome, sem contar suas muitas propriedades.

É interessante pontuar que pouco se sabe sobre o espólio de Eddie Van Halen e sobre quem teria herdado os bens do músico. Sabe-se, no entanto, que a fortuna do artista vai muito além dos US $100 milhões estimados por sites como o Celebrity Net Worth.

Acontece que, além das diversas propriedades que detinha em Los Angeles, Eddie Van Halen também era dono da marca EVH — que vende guitarras e acessórios para o instrumento — e do estúdio 5150, que fica próximo do lugar onde o guitarrista morava. Dessa forma, não se sabe quem vai ficar com cada parte da propriedade do músico.

De acordo com a People, estima-se que uma parte da fortuna do guitarrista e até mesmo o 5150 Studios serão herdados por Wolfgang Van Halen — sendo que o filho de Eddie já chegou a afirmar, após a morte do pai, que estava trabalhando no estúdio.

Eddie e Wolfgang
Wolfgang e Eddie Van Halen (Foto:Reprodução / Instagram)

+++LEIA MAIS: 5 provas que Eddie Van Halen mudou completamente o rock n' roll


O pai de Wolfgang Van Halen

Naquele dia 6 de outubro de 2020, foi o próprio Wolfgang Van Halen quem confirmou a morte do músico e revelou a triste notícia aos fãs de Eddie. Na época, Wolfgang afirmou que não conseguia acreditar que seu pai "perdeu a dura batalha contra o câncer".

Ele foi o melhor pai que eu poderia imaginar. Todos os momentos que compartilhei ao lado dele, em cima e fora dos palcos, foram um presente. Meu coração está despedaçado e eu não acredito que um dia conseguirei me recuperar desta perda. Eu amo você muito, papai."

Um ano mais tarde, o músico usou suas redes sociais novamente, mas para lembrar do aniversário de um ano da morte do pai. "Estou tentando fazer o meu melhor aqui sem você, mas é realmente difícil para c*ralho. Espero que você ainda esteja orgulhoso", escreveu ele.

"Você lutou tanto por tanto tempo, mas mesmo assim foi levado embora. É tão injusto. Não estou bem e acho que nunca estarei bem. Há tanta coisa que eu gostaria de poder mostrar a você. Tantas coisas que gostaria de poder compartilhar com você. Eu gostaria de poder rir com você novamente e poder abraçá-lo novamente. Eu sinto tanto sua falta que dói. Eu te amo de todo o meu coração, papai. Cuide de mim", continuou Wolfgang, ainda em 2021.

+++LEIA MAIS: Primeiro single do filho de Van Halen é uma linda homenagem ao pai; ouça 'Distance'

Este ano, o artista homenageou o pai novamente, dessa vez lamentando que Eddie não estará aqui para o lançamento do segundo álbum de sua banda, a Mammoth WVH. "Eu não consigo parar de pensar neste momento e em como ele não vai estar aqui para isso dessa vez", disse.

Vai fazer dois anos e eu não me sinto nem um pouco diferente. Todos esses sentimentos estão parados dentro de mim o tempo todo. Algumas vezes é fácil continuar, em outros momentos (como agora), não. O orgulho dele é o que me faz seguir em frente, mas sem ele aqui é fácil me perder. A música é tudo que tenho para me sentir próximo dele."

"Saber que ele não vai estar aqui dessa vez para rir, batucar e passar um tempo comigo durante todo o processo [de produção do álbum] é difícil, agora que eu cheguei até aqui", finalizou Wolfgang. "Tudo o que eu posso fazer é tentar o meu melhor e continuar a ser o filho do qual ele sentia orgulho. Eu só sinto falta do meu pai."

Em entrevista ao The Washington Post em 2021, Wolfgang deixou claro que, se não fosse pela pandemia do Coronavírus, seu pai poderia ter continuado a fazer viagens internacionais para realizar tratamentos para o câncer e, possivelmente, ainda estar vivo. "Vou odiar para sempre a Covid-19 e como o meu pai foi tratado, porque roubaram aquele momento de mim", disse.

Nesta quinta-feira, 06, Wolfgang publicou mais uma homenagem ao pai. Junto de uma foto dos dois, escreveu: "2 anos e nem um dia sequer passou sem que você estivesse em minha mente. Estou tentando fazer meu melhor e me segurar, mas não é a mesma coisa sem você aqui, papai. Eu te amo e sinto sua falta mais do que você pode imaginar". Confira:

+++LEIA MAIS: Guns N’ Roses retorna aos palcos com covers e filho de Eddie Van Halen