Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Kanye West teria mostrado vídeos explícitos de Kim Kardashian para funcionários

Em reuniões com funcionários da Yeezy, Kanye West teria exibido pornografia, além de foto e vídeo de Kim Kardashian

Redação Publicado em 23/11/2022, às 08h53

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Kanye West (Foto: Getty Images)
Kanye West (Foto: Getty Images)

Funcionários de Kanye West relataram comportamentos problemáticos do rapper durante entrevistas e dia a dia na Yeezy - sua marca de tênis e roupas. Em reuniões, Ye teria mostrado pornografia, debatido sobre o assunto, além de exibir fotos íntimas de Kim Kardashian, sua ex-esposa.

Relatos de funcionários à Rolling Stone EUA destacam a falta de responsabilidade e inconsequência de West: "Momentos difíceis aconteceram com executivos na sala, e nada era feito. Continuávamos a aparecer para trabalhar no dia seguinte."

+++ LEIA MAIS: Kanye West perde US$ 2 bilhões em um dia após falas antissemitas: 'Ainda estou vivo'

Ex-funcionários da Yeezy enviaram carta aos executivos da Adidas - que rompeu parceria com rapper após falas antissemitas - pedindo que cuidem do "ambiente tóxico e caótico criado por Kanye, um padrão doentio de comportamento predatório contra mulheres."

"Ele explodiu com mulheres nos últimos anos, com ofensas, e fazia referências sexuais perturbadoras enquanto dava feedbacks sobre design. Funcionários da Adidas nunca deveriam se submeter a esse tipo de resposta de uma marca parceira, assim como a liderança da Adidas não deveria tolerar," continua a carta obtida com exclusividade. 

+++LEIA MAIS: Kanye West é 'expulso' de loja após aparecer 'sem aviso prévio'; entenda

Em 2018, em reunião com um jovem candidato a uma vaga na Yeezy, West mostrou o próprio celular com uma foto íntima de Kardashian e afirmou: "Minha esposa acabou de enviar isto." O funcionário descreveu: "Era muito reveladora e pessoal. Eu não reagi." 

Outra fonte revela que o rapper continuou a falar sobre a foto, horas após a reunião. Em outro momento de 2018, Kanye teria mostrado um vídeo explícito de Kardashian para integrantes do time criativo da Yeezy, de acordo com uma pessoa que diz ter assistido o vídeo.

A carta ainda menciona que "o comportamento mais problemático identificado pelo time executivo logo no começo da parceria era sua abordagem baseada em medo e manipulação, enquanto tentava demonstrar sua dominância sob funcionários da Adidas em salas fechadas."

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!