O Grilo faz show eletrizante e memorável no Blue Note SP em plena quarta-feira

Banda paulista energizou Blue Note SP e público levantou e pulou com os hinos de Pedro Martins, Lucas Teixeira, Felipe "Fepa" Martins e Gabriel Cavallari

Felipe Grutter Publicado em 26/05/2022, às 08h48 - Atualizado às 15h46

None
O Grilo no Blue Note SP (Foto: Yvã Santos)

O Grilo conseguiu, com maestria, fazer show eletrizante e memorável no palco intimista do Blue Note SP, casa de eventos localizada na Avenida Paulista, às 20h de uma quarta-feira. A banda paulista até mesmo fez o público se levantar e pular em diversos momentos da apresentação.

Os convidados do projeto Nova Vozes, da Rolling Stone Brasil, foram vestidos com blazers e camisas sociais (afinal, era o Blue Note) na noite da última quarta, 25. O grupo é formado por Pedro Martins (vocal), Lucas Teixeira (bateria), Felipe "Fepa" Martins (guitarra) e Gabriel Cavallari (baixo). No show, contaram com apoio de Diego Vargas, pianista da banda Pluma, e do multi-instrumentista PH.

+++LEIA MAIS: Conheça O Grilo, a banda que troca de estilo a cada compasso - e transforma em música todas suas angústias e incertezas [ENTREVISTA]

Com carreira consideravelmente curta, O Grilo lançou um EP (Herói do Futuro), um disco cheio (Você Não Sabe de Nada) e alguns singles nesses cerca de cinco anos. Na performance iniciada por "Trela," os paulistas souberam dividir atenção entre as músicas antigas, sucessos e novidades.

Em seguida, a banda tocou um dos principais hits de Você Não Sabe de Nada (2022), "Guitarrada," e emendou a balada romântica "Sofia." O disco deles teve bastante destaque, com "Vou Levar" e "Contramão" na sequência. Aqueles fãs que esperavam ver hits icônicos também foram contemplados: teve "Sambinha" e "Serenata Existencialista" cantados a plenos pulmões por boa parte do público.

+++LEIA MAIS: O Grilo quer fazer música sem se prender a rótulos: 'Somos bem liberais nesse sentido' [ENTREVISTA]

Vale lembrar como entre algumas faixas surgiram "mini covers" de "Você não soube me amar," da banda Blitz, e "Come as You Are," do Nirvana. Além disso, cada integrante teve tempo de brilhar no palco: Pedro Martins com a voz bastante afinada mandou algumas dancinhas; Lucas Teixeira com a forte e marcante bateria (também é bastante querido pelo público); Fepa, além de ótimo guitarrista, se arriscou nos vocais em "Onde Flor"; e Gabriel Cavallari teve ótimos solos de baixo.

O Grilo dominou o palco do início ao fim, cativou o público e mostrou como o quarteto paulista tem um grande futuro pela frente.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Rolling Stone Brasil (@rollingstonebrasil)

+++LEIA MAIS: O Grilo e ansiedade para voltar aos palcos: 'Não faço ideia de como vai ser' [ENTREVISTA]