Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Pedro Sampaio promete show inovador no Lollapalooza 2023: 'Uma nova forma do público ver um DJ' [ENTREVISTA]

Em sua estreia no festival, Pedro Sampaio promete trazer remixes de grandes sucessos, uma nova estética e até participações especiais

Pamela Malva Publicado em 24/03/2023, às 11h16

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Pedro Sampaio (Foto: Gabriel Renné)
Pedro Sampaio (Foto: Gabriel Renné)

O nome dele é formado por cinco sílabas que tomaram conta do país, ritmadas no carimbo presente em todas as suas faixas. Tamanho é o sucesso, que é até difícil pronunciar Pedro Sampaio sem cantarolar no ritmo do funk. E, nesta sexta-feira, 24, o nome do artista será entoado por milhares de vozes durante a décima edição do Lollapalooza Brasil.

Dono de sucessos como "Atenção”, com Luísa Sonza, e "No Chão Novinha", em parceria com Anitta, Pedro Sampaio apareceu radiante na coletiva de imprensa. A conversa, afinal, era sobre seu primeiro show no Lollapalooza, um marco na carreira de qualquer artista.

+++LEIA MAIS: Sobrevoo, abacaxi e show de 4 horas: como foi a primeira festa de Pedro Sampaio no Recife

Esse show é o que eu mais queria, porque meu som tem muito a ver com o festival. Isso é uma conquista, né. É um desafio muito grande, porque é a primeira vez que eu estou num evento como o Lollapalooza, mas a gente está se preparando bastante, desde que fomos confirmados, para que tudo saia perfeito. O dia vai ser uma bomba dentro de mim.

Aguardado ansiosamente pelo artista, que diz já ter evoluído bastante apenas com os preparativos da apresentação, o show no Lollapalooza marcará uma nova fase na carreira de Pedro Sampaio. Isso porque, no palco do festival, o DJ colocará um fim na era Chama Meu Nome, dando início a uma estética que deve acompanhar seus próximos espetáculos.

+++LEIA MAIS: Lollapalooza 2023: Planta & Raiz promete show que celebra reggae: 'Prepara o coração' [ENTREVISTA]

“Já faço shows há bastante tempo e uma das características do meu show é essa dinâmica. Ele está se modificando o tempo inteiro. Pro Lollapalooza, o show está totalmente diferente. Eu destruí tudo e construí tudo de novo”, afirmou. “Vamos trazer uma nova forma do público ver um DJ, porque estou me tornando um artista por completo.”

Acontece que, para Pedro, o conceito que gira em torno de um DJ é muito mais amplo do que a maioria das pessoas imagina. “Essa carreira tem vários caminhos. A arte é infinita. Ela só se limita se você limitar ela na sua cabeça. E eu não costumo fazer isso”, explicou.

Pedro Sampaio
Pedro Sampaio (Foto: Gabriel Renné)

+++LEIA MAIS: Filipe Ret, atração do Lollapalooza: 'Rap é evolução da música' [ENTREVISTA]

É por isso, inclusive, que o artista decidiu carregar sua apresentação de conceitos, como na abertura do show. “A ideia é trazer um ventre materno, como se eu estivesse lá dentro, me nutrindo. Quisemos representar como se a batida do funk estivesse me fazendo evoluir. O Lolla é um marco, onde eu estou nascendo de novo”, revelou o cantor.

Mas que fique claro: muitos elementos marcantes dos shows de Pedro Sampaio serão mantidos — mesmo que de uma forma repaginada. A fiel dupla Abacaxi e Cogumelo, por exemplo, devem tirar um tempo dos palcos, sendo substituídos por "criaturas mais estranhas” — pensadas, é claro, na estética da próxima era do artista.

+++LEIA MAIS: Lollapalooza: Billie Eilish deixa palco após emergência durante show na Argentina

Agora, quanto ao setlist do show: de início, Pedro fez certo mistério, mas acabou confirmando remixes de faixas como “DESPECHÁ”, de Rosalía, e “Flowers” de Miley Cyrus. “Um DJ faz isso: ele entende o que o público quer e entrega de uma forma muito mais f*da. E vamos ter parcerias. Uma das últimas mais icônicas que fiz vai estar no Lolla. O pessoal vai pirar.”

Fã de carteirinha de Lil Nas X, que também se apresenta no Lollapalooza nesta sexta-feira, Pedro Sampaio vai tomar conta do palco Perry a partir das 18 horas. E, para o cantor de 25 anos, a emoção do convite para o festival se soma à responsabilidade de representar o Brasil e o funk nacional em um line-up repleto de artistas internacionais.

+++LEIA MAIS: Lollapalooza 2023: 16 shows brasileiros que você não pode perder [LISTA]

No meu show, você vai ouvir funk, música eletrônica, hip-hop e pagode. Eu faço uma mistura de tudo, como um bom brasileiro”, ponderou. “Mas eu fico muito orgulhoso e muito feliz de ter um espaço no Lollapalooza para tocar funk. Vou lá entendendo que estou vestindo a camisa do funk, para mostrar que o funk é uma música eletrônica e pop brasileira.”

Deixando claro que já está preparando seu próximo disco — “com música calma, muita paciência, para que ele seja ainda mais detalhado e grandioso” —, Pedro Sampaio finaliza a conversa com grandes expectativas de surpreender seus fãs. “A ideia é que não só meus fãs, como todos que vão estar lá, mas meus fãs principalmente, saiam do show descobrindo, entendendo e ouvindo um novo Pedro. Mais artístico, mais sensível, mais monstruoso e mais inspirador.”

+++LEIA MAIS: Do topo dos charts, Pedro Sampaio rebate críticas a autotune: "uso de forma escancarada" [VÍDEO]