Selena Gomez tem ‘vergonha’ de capa sensual de disco: ‘Não me fez feliz’

Selena Gomez refletiu sobre a sexualização que sofreu ao longo da carreira e escolhas que se arrepende atualmente

Redação Publicado em 17/06/2022, às 11h07

None
Capa do Revival, disco de Selena Gomez (Foto: Reprodução)

Selena Gomez revelou que se arrepende da capa do Revival (2015), por ser muito sexy. Na foto que estampa o disco, a cantora e atriz aparece semi nua, apesar de nenhuma parte íntima ser exposta, Gomez revelou ao The Hollywood Reporter que não foi uma escolha que a fez feliz.

Em conversa com Amy Schumer, Bridget Everett, Molly Shannon, Quinta Brunson e Tracee Ellis Ross, Schumer pontuou o fato de Gomez ter crescido na frente das câmeras, fazendo a estreia na televisão em Barney e Amigos quando era criança e depois estrelando produções do Disney Channel, o que a “sexualizou” com uma idade muito nova.

+++ LEIA MAIS: Selena Gomez sobre ficar longe da cultura pop: 'Salvou minha vida'

Gomez considerou essas situações na carreira “injustas” e relembrou a decisão de fazer um ensaio fotográfico no qual se sentiu extremamente sexualizada. “Na verdade, fiz uma capa de álbum que tenho muita vergonha de ter feito. Tive que trabalhar esses sentimentos porque eu percebi que estava relacionado a algo mais profundo que estava acontecendo. E foi uma escolha que eu não estava necessariamente feliz de ter feito,” admitiu.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Selena Gomez (@selenagomez)

 

Cantora completou, dizendo que “não é uma pessoa excessivamente sexual.” “Às vezes eu gosto de me sentir sexy,” explicou. “Mas isso não significa que é algo para os outros. Pode ser apenas para mim.”

+++ LEIA MAIS: Selena Gomez tem 'orgulho' dos trabalhos na Disney: 'Moldou quem sou'

Essa não foi a primeira vez que Gomez comentou sobre a sexualização que sofreu na adolescência. Em entrevista à Elle, exemplificou como a canção “Come & Get” não a representa verdadeiramente: “Isso não é minha personalidade. A letra, ‘quando estiver pronto, venha e me pegue.’ Nunca diria isso!”.

A música foi lançada em 2013, quando Gomez tinha 20 anos. Agora, aos 29, a cantora admitiu: “Por um tempo, me senti como um objeto. Senti-me nojenta por muito tempo.” Mesmo em discos seguintes, ainda não tinha se encontrado. “Fiz coisas que realmente não eram eu. Tinha essa pressão de parecer mais adulta no meu álbum, Revival. Senti que precisava mostrar mais pele... Não acho que seja essa pessoa,” revelou à Allure em 2020.