Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / Overdose

The Pretenders: Chrissie Hynde se culpa pela morte de parceiros de banda; entenda

Pete Farndon e James Honeyman-Scott morreram em decorrência de overdoses

Redação Publicado em 12/09/2023, às 17h35

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Chrissie Hynde (Nicky J Sims/Getty Images)
Chrissie Hynde (Nicky J Sims/Getty Images)

Chrissie Hynde confessou que se sente culpada pelas mortes de Pete Farndon e James Honeyman-Scott. A frontwoman do Pretenders fundou a banda em 1978 ao lado dos dois artistas e de Martin Chambers.

O baterista James Honeyman-Scott faleceu aos 25 anos em decorrência de uma overdose de cocaína. Dois dias antes, Pete Farndon foi demitido da banda por causa do uso de heroína. No ano seguinte, ele também morreu. O baixista, então com 30 anos, afogou-se em uma banheira após ter uma overdose de heroína. A música "Back On The Chain Gang" foi dedicada a ele.

Hynde acredita que era sua responsabilidade desencorajar o uso de drogas pelos companheiros de banda. "Eu sou culpada. Não é uma grande palavra se você é culpado. É grande quando você se sente culpado, mas não culpado", disse em entrevista à Record Collector (via NME). "Mas se você realmente é culpado, então deveria levantar a mão e dizer: 'Declaro-me culpado'", completou.

"Não desencorajei o uso de drogas e fui parte disso. Então, sabe, não que eu fosse a mãe deles, e estávamos na estrada, e era muito puxado... Estava tendo problemas com o Pete — então, não fui culpada, mas queria ter feito melhor", afirmou a cantora.

Desde que Pete e Jimmy morreram e porque tive que substituir pessoas, agora parece que somos uma banda de tributo, chamada The Pretenders.

O grupo lança o 12º álbum de estúdio, Relentless, nesta sexta-feira, 15. 

+++LEIA MAIS: De Kylie Minogue a Kid Cudi: Confira 23 álbuns internacionais com lançamento em setembro [LISTA]