007: Por que diretor de Cassino Royale teve objeções em escalar Daniel Craig como James Bond?

Diretor Martin Campbell foi relutante ao escolher o ator Daniel Craig para o papel de James Bond, e explica o por quê

Redação Publicado em 03/09/2021, às 15h07

None
Daniel Craig no trailer de 007 - Sem Tempo Para Morrer (Foto: Reprodução/YouTube)

O ator Daniel Craig está há cerda de quinze anos interpretando James Bond no cinema, mas o diretor Martin Campbell, de 007 - Cassino Royale (2006) tinha dúvidas em escalar o ator para viver o famoso agente secreto inglês.

Em entrevista ao CinemaBlend, Martin Campbell revelou que teve objeções em escolher Daniel Craig para substituir Pierce Brosnan. "Na época eu tinha certas reservas, apenas porque não havia dúvida de que Craig era um ator fantástico. Ele era um ator excelente. Mas, é claro que fui criado na tradição de Sean Connery, Roger Moore e Pierce Brosnan; todos caras de ótimas aparências," disse. 

O diretor prosseguiu explicando: "Você sabe, havia um estereótipo, se você entende o que quero dizer, com aqueles três personagens. E Daniel Craig, é claro, é muito mais parecido com a concepção de Ian Fleming [escritor de James Bond] dessa parte."

"E, no final Daniel Craig foi o James Bond perfeito para a reinicialização completa da franquia, que, para ser honesto, era muito mais baseado na realidade," pontuou Campbell. 

+++LEIA MAIS: 007 - Sem Tempo Para Morrer: 5 detalhes para prestar atenção no trailer final [LISTA]

O diretor também revelou que uma outra pessoa, a produtora Barbara Broccoli, teve um grande crédito na escolha de Daniel Craig para ser o novo James Bond. 

"Os dois produtores [de Cassino Royale] são Barbara Broccoli e seu meio-irmão, Michael G. Wilson. Ambos são produtores fantásticos, e foi ela quem realmente pressionou por Daniel Craig; seus instintos estavam 100% corretos", disse Martin Campbell. "Então, foi Barbara quem realmente defendeu isso, muito corretamente, e ele acabou se revelando um Bond incrível."

Barbara Broccoli é filha de Albert R. Broccoli, produtor original de James Bond desde a década de 1970. Com a morte de Albert em 1996, os filhos se tornaram administradores da EON Productions, empresa que é o centro do universo do agente 007. Com Barbara e Michael G. Wilson atuando como administradores da franquia Bond, eles são quem dão a palavra final em tudo, desde a colocação do produto até as decisões de elenco.

+++LEIA MAIS: Adeus a Daniel Craig começa em trailer de 007 - Sem Tempo Para Morrer; assista

As informações são do site CinemaBlend


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!