5 curiosidades sobre Todo Mundo Odeia o Chris que você (talvez) não sabia [LISTA]

A série icônica foi inspirada na vida do astro Chris Rock, mas alguns fatos precisaram ser adaptados

Redação Publicado em 24/10/2020, às 12h00

None
Elenco de Todo Mundo Odeia o Chris (Foto: Reprodução)

Todo Mundo Odeia o Chris é uma série muito querida pelo público. Ela está repleta de bordões únicos e a interpretação hilária de Tyler James Williams no papel principal, mas há algumas curiosidades que, provavelmente, você não sabia. As informações são do site Aventuras na História.

+++LEIA MAIS: Todo Mundo Odeia o Chris pode ganhar reboot? Tyler James Williams responde

Sabe-se que as histórias da série são inspiradas nas memórias da infância do ator, humorista e narrador da série Chris Rock, mas para a adaptação foi necessário realizar algumas mudanças; confira a lista do site Aventuras na História de curiosidades sobre Todo Mundo Odeia o Chris:

Seis irmãos

Na realidade, Chris Rock tem seis irmãos: Brian, Kenny, Andi, Jordam, Andrew e Tony - sendo os últimos, inspirações para Drew e Tonya, da série. Portanto, na vida real, Tonya era um menino. 

+++LEIA MAIS: Elenco de Todo Mundo Odeia o Chris discute na web por ‘supremacia negra’ e Black Lives Matter


Linha do tempo da série

A infância de Chris Rock  se passou entre 1978 e 1984, contudo, o astro acreditou que fazer a produção se passar entre 1982 e 1987 seria melhor. Segundo Rock, o período poderia ser melhor explorado em relação a referências pop, além de já haver muitas produções que se passavam nos anos 1970.


Bairro e condição financeira

O bairro de Bed-Stuy é um apelido carinhoso para Bedford-Stuyvesan, bairro central de Nova York. Na produção, a família de Chris mora na região e passa por dificuldades financeiras - o que, de fato, aconteceu na infância do ator.

+++ LEIA MAIS: Como está o elenco de Todo Mundo Odeia O Chris?

Chris Sealy, amigo da família de Rock na época, lembrou anteriormente como era a situação da família, como publicou o site Aventuras na História: “A festa de 16 anos de Rock foi um refrigerante e água com corante”.


Atividades ilícitas

Durante a infância, devido às dificuldades financeiras, Chris Rock passou perto de praticar atos criminosos. Em entrevista, o astro explicou que, mesmo assim, nunca usou drogas: “Nunca usei crack, mas, num verão, eu e um amigo chegamos bem próximo de traficar”.


Racismo na Escola

Durante a infância e adolescência, Chris Rock estudou em uma escola pública em uma vizinhança branca - fato que é mostrado na série. Assim como na ficção, ele sofreu diversos episódios de racismo por ser um dos únicos garotos negros, como explicou a mãe do ator em entrevista à Fox News: “Aos 17 anos, tivemos que tirá-lo de lá, senão ele seria morto”.

Na série, o amigo que ele fez nessa escola se chama Greg Wuliger, mas o nome verdadeiro dele é Moskowitz. Em foto recuperada pela ABC, é possível ver Chris, Greg e o valentão Joe Caruso da vida real. 

Da esquerda para a direita: Greg, Chris e Caruso na "vida real" (Foto: Divulgação ABC)

 

Além disso, o nome verdadeiro da escola era James Madison. Na série, ela foi chamada de Corleone como uma referência de Dom Vito Corleone do filme O Poderoso Chefão.


+++ XAMÃ: ‘SE VOCÊ NÃO SENTE NADA COM UMA MÚSICA, É PORQUE TEM ALGUMA COISA ERRADA' | ROLLING STONE BRASIL