5 filmes tão controversos que quase não foram lançados, segundo site: de Laranja Mecânica a Lolita

Os filmes causaram polêmica debate por abordar temas violentos de maneira explícita

Redação Publicado em 12/07/2020, às 15h00

None
Laranja Mecânica (foto: reprodução / Warner)

Nem todos os filmes têm de uma jornada tranquila desde a pré-produção até a distribuição. Pelo contrário, existem certos longas que chegam perto de não serem lançados devido a controvérsias provocadas pelos temos da história.

Desde violência em excesso, temas sexuais demais ou contêm conteúdo que é universalmente considerado tabu. Cada um dos filmes mencionados pelo site CBR.com teve lançamento remarcado, foi banido em alguns países ou chegou perto de nunca ir para o telão.


Laranja Mecânica (1971)

O diretor Stanley Kubrick não é estranho à controvérsia, e sua adaptação cinematográfica do romance Laranja Mecânicanão é diferente. O personagem principal Alex DeLarge é um homem extremamente violento e perigoso, que comete estupros e assassinatos com seus amigos por diversão.

+++LEIA MAIS: Por que os filmes da Pixar tem tantos easter eggs de O Iluminado?

O filme é um comentário sombrio sobre a natureza da sociedade e da moralidade, num cenário futurista distópico. Laranja Mecânicafoi banida em vários países, incluindo a Irlanda, tendo recebido uma classificação X. O filme foi aclamado pela crítica apesar da controvérsia e foi até indicado ao Oscar de Melhor Filme.


A Vida de Brian (1979)

O grupo de comédia britânico Monty Python escreveu e estrelou A Vida de Bryan uma sátira religiosa. O filme segue Brian, que nasceu ao lado de Jesus e é posteriormente confundido com ele. Antes do início da produção do filme, o financiamento foi removido pela emissora EMI. Isso levou o ex-Beatles e fã de Monty Python, George Harrison, a financiar o filme.

+++ LEIA MAIS:  Novo filme da Pixar explora a vida após a morte - ou seria a vida antes da vida? Assista ao trailer de Soul


Lolita (1962)

Novamente Stanley Kubrick nesta lista, a adaptação do romance Lolita causou sérias ondas quando foi lançada. Lolita é a história de uma jovem garota que é abusada sexualmente por um homem de meia-idade; embora, a história enquadre isso como um caso de amor.

+++ LEIA MAIS: 6 easter eggs geniais nos filmes da Pixar que anunciaram produções futuras [LISTA]


A Caçada (2020)

O longa de terror foi quase completamente arquivado devido a premissa da história. O filme gira em torno de um grupo de cativos que estão sendo caçados por um grupo de liberalistas ricos. O filme é uma sátira sobre a enorme divisão política entre democratas e republicanos nos Estados Unidos, e chamou muita atenção quando os trailers iniciais foram lançados.

+++ LEIA MAIS: Stephen King lista 5 filmes de terror essenciais; confira


A Vingança de Jennifer (1978)

Originalmente intitulado Day of the Woman, esse filme é considerado um dos mais perturbadores e violentos realizados. A personagem principal, Jennifer, se retira para uma cabana isolada para trabalhar em um livro. Quatro homens locais decidem atacá-la e a estupram em uma cena brutalmente gráfica e extensa.

+++LEIA MAIS: Sequência de O Iluminado, Doutor Sono tenta agradar Stephen King e Kubrick ao mesmo tempo - e é seu maior erro [ANÁLISE]

Jennifer se vinga de cada um dos homens de maneiras extremamente horríveis, tornando todo o filme um banho de sangue violento e perturbador que foi proibido em vários países.


+++ RAEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO