7 mulheres que têm feito a diferença na sociedade [LISTA]

No Dia Internacional da Mulher, listamos nomes que têm se destacado na sociedade

Itaici Brunetti | @itaicibrunetti Publicado em 08/03/2021, às 15h48 - Atualizado às 15h49

None
Greta Thunberg (Foto: Pablo Blazquez Dominguez/Getty Images)/ Luiza Trajano (Foto: Reprodução Instagram/ Larissa Isis) / Lady Gaga (Foto: Ronald Martinez/Getty Images) / Jacinda Ardern (Foto: Mark Tantrum/Getty Images)

Os anos de 2020 e 2021 estão sendo, certamente, os mais difíceis já enfrentados nas últimas décadas, e são as mulheres que, na maioria das vezes, têm dado exemplos e feito a diferença para que o mundo se torne um lugar cada vez mais habitável, socialmente falando. 

De Lady Gaga a Luiza Trajano, de Kamala Harris a Anitta, de Jacinda Ardern a Xuxa, cada uma dessas mulheres têm contribuído para um mundo melhor. Cada uma em seu próprio campo de atuação; seja na política, na arte, no empreendedorismo, na autoaceitação e no autoconhecimento, na luta pela igualdade - de raça ou gênero, e no combate à Covid-19

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta segunda, 8 de março, listamos sete mulheres poderosas que têm feito a diferença na sociedade e inspirado muitas outras pessoas. Confira: 

+++LEIA MAIS: 6 DJs mulheres incríveis para conhecer [LISTA]

Lady Gaga

Ninguém segura Lady Gaga! Além da cantora ter lançado um dos álbuns pop mais elogiados de 2020, Chromatica, usou de sua popularidade para apoiar a candidatura do democrata Joe Biden à presidência dos EUA. Sem medo de sofrer retaliações dos apoiadores do governo de Donald Trump, a "Mãe Monstro" influenciou outros grandes artistas a se juntar a ela na campanha. 


Kamala Harris

A senadora Kamala Harris já entrou para a história dos EUA como a primeira mulher a ser vice-presidente do país. Negra e de descendência sul-asiática, Kamala inspira a luta feminina por direitos e oportunidades iguais. No discurso de posse, afirmou: "Serei a primeira mulher a ocupar o cargo, mas não a última."


Luiza Trajano

A empresária Luiza Helena Trajano, que comanda a rede de lojas de varejo Magazine Luiza, tem sido exemplo de como fazer a diferença através de iniciativas sociais. Criou um programa de trainee para negros em sua empresa - o que gerou críticas a ela, e lançou o movimento Unidos Pela Vacina, que tem como objetivo vacinar todos os brasileiros até setembro de 2021.

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


Xuxa

Xuxa, a eterna Rainha do Baixinhos, desmistificou a artista intocável que sempre apresentou ser, revelando que por dentro da ídola existe uma mulher de 57 anos das mais humanas que existem. Em entrevistas televisivas e lives, a apresentadora tratou de assuntos delicados que sempre foram - e continuam sendo - tabus para as mulheres, como a calvície feminina e o sexo na meia-idade. Um exemplo de mulher. 

+++LEIA MAIS: Conheça as diretoras que podem e devem ser reconhecidas nas premiações cinematográficas [LISTA]


Jacinda Ardern

Se tem uma pessoa que melhor lidou com a pandemia do coronavírus no mundo foi Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia. Com medidas imediatas de lockdown, o país venceu duas ondas de Covid-19 e voltou à vida normal. Com a aparição recente de três novos casos, Jacinda tomou novas medidas para conter rapidamente a propagação do vírus e segue sendo exemplo no combate a essa guerra invisível. 


Anitta

Falem bem ou falem mal, Anitta é indiscutivelmente a artista mais popular da atualidade no Brasil. Em 2020, sem poder fazer shows devido à pandemia, a cantora usou de sua visibilidade para aprender e ensinar política aos fãs em lives feitas com a comentarista e amiga Gabriela Prioli, se tornando a terceira personalidade mais influente do ano na política.


Greta Thunberg

Com somente 18 anos de idade, a ativista ambiental sueca Greta Thunberg conquistou o mundo - e muitas celebridades - com a sua garra, dedicação e argumentos exigindo medidas concretas de políticos contra o aquecimento global. Em 2019, foi eleita Pessoa do Ano pela revista Time, e sua atuação incomodou líderes como Donald Trump e Jair Bolsonaro

+++LEIA MAIS: Globo de Ouro 2021 faz história ao indicar três mulheres para Melhor Direção


+++ HAIKAISS: 'O TRAP TAMBÉM PASSA UMA MENSAGEM CONSCIENTE' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL