Acredite: 82% das pessoas estão prontas para voltar a festivais e shows, indica pesquisa

De acordo com o site Festicket, a maioria dos consumidores de eventos de música se sentem confortáveis para retomar a rotina de shows

Redação Publicado em 29/05/2020, às 11h32

None
(Foto: Hauke-Christian Dittrich/alliance/DPA/AP Images)

A pandemia de coronavírus ainda é um desafio para muitos países, porém, muitas pessoas já se preparam para retomar a vida social e as aglomerações. Uma pesquisa feita pelo Festicket, site de planejamento de viagens para festivais de música, concluiu que a maioria  das pessoas estão prontas para preencher novamente as plateias de shows. 

De acordo com o resultado da pesquisa, que contou com 110 mil entrevistados na França, Holanda, Alemanha e Reino Unido, 82% das pessoas se sentem confortáveis em participar de shows de um a seis meses depois do fim das restrições oficiais.

+++LEIA MAIS: Empresa cria traje anti-Covid para shows e festivais: compartimento para fumar, luzes de LED e filtro de ar; assista

Enquanto isso, 66% iria em um evento de um a três meses e 30% participaria de um show imediatamente. Para Luis Sousa, diretor de marketing da Festicket, os dados mostram uma positividade do público em relação ao mercado. 

“Apesar de toda a incerteza, é reconfortante ver que uma alta porcentagem de participantes de festivais possuem uma visão positiva para a indústria de eventos, acompanhada de 75% [de pessoas] que se sentem confortáveis reservando ingressos para 2021.”

+++ LEIA MAIS: Pesquisa revela que 60% dos norte-americanos prefere esperar vacina contra coronavírus para voltar a ir em shows

Mesmo que 59,5% das pessoas não enxerguem problemas em comprar ingressos para eventos internacionais programados para o próximo ano, os espectadores esperam que as revendedoras incluam a opção de cancelamento gratuito e que os eventos invistam em medidas de proteção. 

“Sem surpresa, nós estamos entrando no início do ‘novo normal’ para eventos em que os espectadores esperam que os organizadores e as casas de shows adaptem os serviços para amenizarem ansiedades.”

Ele completou: “Nós já estamos vendo isso em alguns lugares que começaram a abrir as portas novamente com medidas como redução da capacidade e serviço obrigatório de acompanhamento dos clientes sendo parte do acordo de reabertura” 


+++ VITOR KLEY | A TAL CANÇÃO PRA LUA | SESSION ROLLING STONE