Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Notícias / Carta

Ashton Kutcher deixa organização anti-abuso infantil após carta de apoio a Danny Masterson

‘Não posso permitir que meu erro de julgamento desvie a atenção de nossos esforços,’ disse em comunicado

Redação Publicado em 15/09/2023, às 18h30

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Ashton Kutcher (Foto: Jerod Harris/Getty Images)
Ashton Kutcher (Foto: Jerod Harris/Getty Images)

Após a carta em apoio ao ex-colega de elenco Danny Masterson, Ashton Kutcher renunciou ao cargo de presidente da Thorn, organização anti-abuso sexual infantil que ele fundou em 2009 com a então esposa Demi Moore.

“As vítimas de abuso sexual têm sido historicamente silenciadas e a declaração de caráter que apresentei é mais um exemplo doloroso de questionamento de vítimas que são corajosas o suficiente para compartilhar suas experiências”, escreveu Kutcher em comunicado ao conselho da Thorn.

+++LEIA MAIS: Ashton Kutcher e Mila Kunis se desculpam por apoio a Danny Masterson

"Depois que minha esposa e eu passamos vários dias ouvindo, refletindo pessoalmente, aprendendo e conversando com os sobreviventes, os funcionários e a liderança da Thorn, determinei que a coisa responsável a fazer é renunciar ao cargo de Presidente do Conselho, com efeito imediato... Não posso permitir que meu erro de julgamento desvie a atenção de nossos esforços e das crianças que servimos," continuou ele.

O ator e sua esposa, Mila Kunis enviaram uma carta ao juiz em apoio a Masterson, que estava sendo julgado por estuprar três mulheres. O casal veio a público posteriormente se desculpando pela carta.