Cuba Gooding Jr. volta ao tribunal para responder por caso de assédio sexual

Acusado de apalpar uma mulher, o ator queria usar o tamanho dos seios dela como argumento de defesa

Redação Publicado em 14/08/2020, às 13h42

None
Cuba Gooding Jr. (Foto: Steven Hirsch/Pool New York Post via AP Images)

Na última quinta, 13, Cuba Gooding Jr., astro de filmes como Jerry Maguire, Norbit e Mãos Talentosas, voltou à Suprema Corte de Manhattan para responder pela terceira denúncia de assédio sexual. A notícia foi dada pelo portal Spin Off.

+++LEIA MAIS: Antes do julgamento contra Amber Heard, Johnny Depp vence processo multimilionário de "oito dígitos"

Gooding Jr. é acusado de seis crimes, incluindo contravenção sexual, toque forçado e estupro por beliscar as nádegas da atendente do Tao Downtown, Natasha Ashworth, em outubro de 2018, e por submeter uma mulher a contato sexual sem consentimento na casa noturna LAVO no Upper East Side um mês antes.

Em 2019, ele chegou a ser preso por supostamente apalpar os seios de uma mulher não identificada à força, mas, foi liberado pelas autoridades ao declarar inocência.

Agora, segundo a Revista Monet (via Vulture), o ator queria usar o tamanho dos seios da mulher anteriormente citada como parte do argumento de defesa. “Você tem a intenção de perguntar a uma das testemunhas sobre os sentimentos dela em relação ao tamanho dos próprios seios?”, retrucou o juiz Curtis Farber. “Isso é simplesmente ofensivo”, acrescentou sua assistente.

+++LEIA MAIS: Johnny Depp acusa Amber Heard de "pintar" seus hematomas

Além das três mulheres que processaram Gooding Jr. por assédio, outras 27 vieram à público com relatos semelhantes.

 


+++ JOÃO GORDO ENCARA O DESAFIO MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS