Johnny Depp acusa Amber Heard de "pintar" seus hematomas

A acusação do ator de Hollywood faz parte do processo contra a ex-esposa no valor de US$ 50 milhões

Redação Publicado em 21/05/2019, às 10h53

None
Johnny Depp (Foto: Vianney Le Caer / Invision / AP)

No início de abril, Amber Heard foi à uma conferência realizada em Nova York e revelou ter recebido ameaças de morte desde que denunciou o seu ex-marido Johnny Depp por violência doméstica. Desta vez, o caso entre os atores ganhou mais um capítulo. 

Na última segunda, 20, Depp acusou Amber de "pintar" seus hematomas e agredi-lo durante o casamento. A acusação faz parte do processo contra a ex-esposa no valor de US$ 50 milhões em que ele alega difamação.

+++ Johnny Depp ameaçou Amber Heard de morte, relata a atriz

"Eu tenho negado essas acusações desde maio de 2016, quando ela entrou no tribunal para conseguir uma ordem de restrição com machucados falsos. As testemunhas e as câmeras de segurança mostraram que ela não os tinha em nenhum dos dias daquela semana. Eu vou negar [as acusações] pelo resto da minha vida. Nunca abusei de Heard e de nenhuma outra mulher", declara o ator.

Ao falar sobre a sua decisão de processar Heard, Depp disse que foi obrigado “não apenas a limpar o seu nome e restaurar a sua reputação, mas a tentar trazer clareza para as mulheres e homens cujas vidas foram prejudicadas por abusos e que foram influênciados por Heard que pretendeu ser porta-voz desse grupo.”

+++ Johnny Depp teria pedido para Amber Heard ser demitida de Aquaman, diz site

Depp acrescentou que só decidiu prosseguir com o caso cerca de três anos depois devido "novas evidências que não ele possuía anteriormente".

Ele afirmou que “depois de anos afirmando minha inocência, finalmente estou em condições de provar isso desmentindo cada elemento de sua farsa”.

A estrela de Hollywood enviou vídeos dos elevadores de seu antigo prédio - que foi filmado cerca de três dias depois que ele foi acusado de atacar Heard e vandalizar seu apartamento para complementar as investigações do caso. 

O incidente em questão aconteceu em maio de 2016, quando a atriz acusou o então marido de ter arremessado um celular no seu rosto. De acordo com Depp, um vizinho declarou ter “interagido de perto diversas vezes com a Sra. Heard entre 22 e 27 de maio de 2016” e não reparou nenhuma marca ou machucado.

Os vídeos mostravam Heard ao lado de sua irmã, Whitney, com a equipe jurídica de Depp argumentando que nenhum sinal de lesão física ou hematomas estava presente no rosto da atriz.

Em abril, o processo entre os atores foi disponibilizado para o público e nele estão descritas todas as acusações apresetadas pela atriz. 

+++ [Session RS] Di Ferrero revela qual música criou ao conhecer a esposa Isabeli Fontana