Banda russa Pussy Riot provoca Bolsonaro em pôster de festival Verão Sem Censura, em SP

O grupo publicou a imagem para divulgar a apresentação que acontece nesta quinta, 30 de janeiro

Redação Publicado em 28/01/2020, às 14h52

None
Pussy Riot cartaz (Foto: Reprodução/Facebook)

A banda de punk rock feminista russa, Pussy Riot, se apresenta em São Paulo nesta quinta, 30, às 20h, no Festival Verão Sem Censura, que acontece no Centro Cultural São Paulo. O grupo é conhecido pelos posicionamentos políticos e para divulgar o show, publicaram um pôster nas redes sociais, nesta terça, 28, que provoca o presidente Jair Bolsonaro

Na imagem, é possível ver as cores do arco-íris LGBTQ+ e um símbolo feminista no “o” de Riot, nome da banda. Além disso, o pôster estampa o rosto de Bolsonaro sendo a única parte sem cor, cinza, com desenhos de lixos tóxicos, armas, sujeira, destruição, caveiras e até peixes mortos.

+++LEIA MAIS: Flávio Bolsonaro é chamado de Willy Wonka após receber R$ 1,6 milhão por chocolates

"Sobre esta cabeça feita e cheia de restos as Pussy Riots cantam e dançam. Juntos façamos aqui nossa revolta sobre esta cabeça monumento-destruição”, escreveram na publicação. 

"Num monumento cadafalso na Praça Vermelha em Moscou elas cantaram e dançaram pela primeira vez para o mundo inteiro. Somos agora Pussy Riots espalhados por todo o planeta, e aqui no Brasil vamos cantar, dançar e nos revoltar como se estivéssemos sobre esta cabeça-busto-desgoverno-monumento-vazia de ideias, e façamos dela detritos!!!", finaliza a legenda da publicação, isso porque, o grupo ficou conhecido por protestos em Moscou. 

Veja o pôster:

Pussy Riot integra o line-up do Festival Verão Sem Censura e Linn da Quebrada fará participação especial. O evento é promovido pela Prefeitura de São Paulo e começou dia 17 de janeiro - são quinze dias de evento e mais de 45 atividades gratuitas. 


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL