Baterista do Arctic Monkeys cansou de tocar músicas antigas da banda: 'Não é mais verdadeiro'

Matt Helders contou como enxerga a trajetória da banda e a relação dos músicos com o público

Redação Publicado em 26/03/2020, às 13h09

None
Arctic Monkeys (Foto: Jordan Strauss / Invision / AP)

Matt Helders, baterista do Arctic Monkeys, revelou que não consegue mais tocar as músicas antigas da banda sem sentir que está em um karaokê. Em entrevista ao comediante James Veitch, o músico comentou sobre a trajetória da banda desde o lançamento do último disco, Tranquility Base Hotel & Casino.

“Algumas delas [das músicas] ainda parecem boas para tocar, algumas parecem que estamos fazendo karaokê de nossas próprias músicas [...] Parece uma caricatura. Não parece mais verdadeiro tocá-las.”

+++ LEIA MAIS:  E se ‘bad guy’ da Billie Eilish fosse do Arctic Monkeys? Músico reimagina hit no estilo Alex Turner

Helders gostaria que os fãs tivessem uma memória de uma performance real e não de uma apresentação feita apenas para satisfazê-los. Ele disse: “Eu gostaria que eles [os fãs] apenas tivessem a memória da versão em que nós realmente queríamos isso do que nós fazendo isso por vocês”. 

Apesar de não demonstrar interesse no passado da banda, Helders parece estar confiante para o futuro. O músico já afirmou que os colegas não querem levar outros cinco anos para lançarem um novo disco, como fizeram com AM e Tranquility Base Hotel & Casino.

+++ LEIA MAIS: Há 10 anos, Arctic Monkeys se reinventava com disco Humbug e nunca mais seria o mesmo [ANÁLISE]

Assista à entrevista de Matt Helders:


+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?