Coringa quase teve um final alternativo muito mais sombrio e terrível com Bruce Wayne

O final do filme estrelado por Joaquin Phoenix poderia ser muito mais chocante

Redação Publicado em 31/12/2019, às 16h00

None
Joaquin Phoenix em Coringa (Foto: Reprodução Warner)

Coringa é certamente um dos filmes baseados em HQs mais sombrios já feitos, mas segundo o cineasta e podcaster Kevin Smith, o final poderia ter sido muito mais pesado, especialmente no que envolve o jovem Bruce Wayne.

Em um episódio recente do podcast Fatman Beyond, apresentado por Smith, ele disse ter conversado com uma fonte de dentro da produção do filme, que revelou uma das primeiras ideias originais para a cena final de Coringa, de Arthur Fleck internado no Asilo Arkham:

“Então ele [Arthur] está internado rindo sozinho. A médica diz: ‘O que é tão engraçado?’ E ele diz: ‘Eu estava apenas pensando em algo engraçado.’ O que deveria acontecer então nessa cena era o flashback para a morte de Thomas e Martha Wayne,” disse Smith.

+++LEIA MAIS: Roteiro de Coringa resolve o mistério sobre vizinha de Arthur Fleck, personagem de Joaquin Phoenix

“E era o Coringa matando os dois. Bruce Wayne gritava e chorava enquanto o palhaço saia de cena, mas então ele se vira de volta, faz um gesto de ‘dar de ombros’ e atira também na criança. E entram os créditos.” 

Vale lembrar que no corte final do longa, é na verdade um homem sem nome e com uma máscara de palhaço que mata o casal Wayne, deixando para trás um Bruce Wayne paralisado de medo e sujo de sangue. 

+++LEIA MAIS: Coringa: 7 curiosidades sobre os bastidores que você provavelmente não sabia

Mesmo assim, é impressionante ver como Coringa estudou desviar da mitologia original do Batman, e resultou no sucesso recorde de bilheteria de filmes +18


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'