Coringa: 7 curiosidades sobre os bastidores que você provavelmente não sabia

O longa dirigido por Todd Phillips e estrelado por Joaquin Phoenix foi um dos mais populares de 2019, mas diversos acontecimentos no backstage foram necessários para realização da produção

Redação Publicado em 25/12/2019, às 13h00

None
Joaquin Phoenix como Coringa (Foto: Reprodução Warner)

Coringa foi lançado em outubro de 2019, e é considerado um dos filmes mais populares do ano. Em dezembro, o longa tornou-se a 6ª produção de 2019 com a maior bilheteria mundial, acumulando US$1,050,891,623.

+++ LEIA MAIS: Joaquin Phoenix é um dos atores com menor salário de 2019, apesar do sucesso de Coringa; veja os valores

O longa, dirigido por Todd Phillips e protagonizado por Joaquin Phoenix, não foi um sucesso do dia para a noite. A produção foi complexa e sua conclusão dependeu de uma série de fatores não mostrados nas telonas.

Confira os 7 fatos mais importantes dos bastidores de Coringa:

1- Inicialmente, Alec Baldwin foi escolhido para encarnar Thomas Wayne 

Apesar de Coringa ser o protagonista, Thomas Wayne representa um papel de importância no filme, e inicialmente seria interpretado por Alec Baldwin. Dois dias depois do elenco ser anunciado, o ator se retirou do projeto alegando conflito de agenda. Em seu lugar, Brett Cullen encarnou o pai de Batman.

+++LEIA MAIS: 4 atores ideais para ser o Batman no 'Coringaverso' e enfrentar Joaquin Phoenix [LISTA]


2- Joaquin Phoenix recusou dois papéis da Marvel  

Apesar de Coringa representar a primeira aparição de Joaquin Phoenix em um filme baseado em histórias em quadrinhos, a Marvel já havia oferecido dois papéis para o ator. As ofertas foram substituir Edward Norton como Bruce Banner nos Vingadores, de 2012, e atuar como Doutor Estranho em 2016. No entanto, Phoenix recusou os papéis por não querer se comprometer a fazer diversos longas por vários anos.


3- Todd Phillips instigou Joaquin Phoenix com pretzels durante sua perda de peso  

Para uma fisionomia convincente de Arthur Fleck, Joaquin Phoenix teve que emagrecer cerca de 23 quilos durante a pré-produção do filme. Pessoas afirmam que o ator se alimentava com uma maçã por dia, mas Phoenix já relatou que comia alface e feijão verde também. Durante esse processo, o ator visitou o diretor Todd Phillips, que o recebia com uma sacola dos pretzels favoritos do astro.

+++ LEIA MAIS: Todd Phillips pode ganhar até US$ 100 milhões com Coringa, diz site


4- Warner Bros. quase vetou a classificação R no meio da produção

A classificação R torna necessária a idade mínima de 18 anos para assistir o filme nos cinemas. Longas com muita violência gráfica precisam indicar a classificação adequada para os espectadores, como é o caso de Coringa. No entanto, a violência assustou os executivos da Warner Bros., que consideraram vetar a classificação e forçar uma higienização do filme no meio da produção. Phillips precisou convencê-los a manter a classificação.


5- O compositor Hildur Guðnadóttir escreveu a partitura antes do longa ser filmado

Todd Phillips se inspirou no cineasta italiano Sergio Leone para a montagem da trilha sonora. Ao invés de colocar as faixas por cima do filme pré-pronto, Phillips pediu ao compositor Hildur Guðnadóttir que escrevesse a trilha antes do início das filmagens para que ele pudesse tocá-la no set e criar o clima certo para os atores. 

+++Leia mais: Todd Phillips compartilha roteiro completo de Coringa


6- A Warner Bros queria originalmente Leonardo DiCaprio para interpretar Arthur

Inicialmente, a Warner Bros tinha outros planos para Coringa: baixo orçamento, direção de Martin Scorsese e Leonardo DiCaprio como Arthur Fleck. No entanto, o diretor abandonou o cargo para gravar O Irlandês. DiCaprio também não conseguiu filmar pois já estava no elenco de Era uma Vez em... Hollywood.

+++LEIA MAIS: Crítica se derrete por O Irlandês: "Mais uma grande conquista para Scorsese"


7- Joaquin Phoenix perdeu tanto peso que os produtores não conseguiram refazer as cenas

Pelo bem da saúde de Phoenix, que emagreceu mais de 20 quilos para as filmagens,  cenas não poderiam ser refeitas na fase da edição. Esse fato fez com que Phillips estivesse constantemente reescrevendo o roteiro, trabalhando as novas falas com os atores poucas horas antes de gravarem.

+++LEIA MAIS: Todd Phillips "perseguiu" Joaquin Phoenix para que ele aceitasse o papel em Coringa: "Ele não disse que sim"


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'