Demi Lovato promete contar "o que realmente aconteceu" sobre a overdose em novo disco

No último ano, cantora foi internada em uma clínica de reabilitação após overdose quase fatal

Redação Publicado em 27/06/2019, às 15h00

None
Demi Lovato em São Paulo (Foto: Camila Cara/T4F/Divulgação)

Demi Lovato revelou nesta semana que já começou a escrever o seu próximo disco. Em uma publicação no Instagram, a cantora informou que o tema de seu novo trabalho é a sua versão sobre a overdose de cocaína que sofreu há cerca de um ano. 

“Sabe o que é ótimo em escreveu um novo álbum?”, escreveu Lovato. “Você pode dizer o que quiser, ser quão aberta e honesta você quiser, e finalmente contar o seu lado da história sem se importar com quem não vai gostar.”

A ex-estrela da Disney ficou internada alguns meses após sofrer a overdose. Não foi a primeira vez em que Demi precisou ir para uma clínica de reabilitação: desde a adolescência, tem problemas com abuso de substância, transtornos alimentares e depressão. 

Pouco antes de sofrer a overdose em 2018, a cantora lançou o single “Sober”, música na qual lamentava não ter ficado sóbria quando deveria, e pedia desculpas à sua família e amigos. Depois disso, lamentou algumas vezes não ter mantido a sobriedade. Mas, mais do que isso, comemorou os meses em que conseguiu se recuperar. 

“Hoje eu completaria sete anos sóbria. Mas eu não me arrependo de ter saído, porque eu precisava cometer esses erros, mas não devo nunca esquecer exatamente o que foram: erros”, escreveu um pouco depois de sair da clínica de reabilitação. "Fico agradecida que os Alcoólatras e Narcóticos Anônimos nunca fecharam as portas para ninguém, não importa quantas vezes você tem que recomeçar. No final, não perdi seis anos: eu sempre terei a experiência, mas agora eu preciso acrescentar mais tempo com uma nova jornada e uma nova contagem."

Demi Lovato começou sua carreira como cantora no Disney Channel, abrindo os shows dos Jonas Brothers e pouco depois estrelando o musical Camp Rock. Tell Me You Love Me, último disco da cantora, foi lançado em 2017.

+++ De Emicida a Beyoncé: Drik Barbosa escolhe os melhores de todos os tempos