Kendrick Lamar faz declaração sobre direito das mulheres no festival Glastonbury

Em performance com coroa de espinhos e sangue no rosto, Kendrick Lamar encerra Glastonbury com chave de ouro

Redação Publicado em 27/06/2022, às 16h11

None
Kendrick Lamar - Glastonbury 2022 (Foto: Samir Hussein / WireImage)

Kendrick Lamar foi uma das últimas atrações no festival Glastonburyna Inglaterra no último final de semana. O rapper encerrou sua apresentação com a música “Savior”. Usando uma coroa de espinhos e sangue escorrendo no rosto, o rapper declarou:

" ‘Savior’ é a minha faixa favorita do álbum. É o verdadeiro significado da imperfeição e a imperfeição é linda. Eu uso esta coroa como uma representação pra que você nunca se esqueça de um dos maiores profetas que já andou nesta terra. Eles te julgam e eles julgaram Cristo.”

+++LEIA MAIS: Kendrick Lamar lança documentário sobre viagem à Gana

Ao longo do show, Lamar abordou sentimento profundos presentes em seu trabalho e se apresentou ao lado de 20 dançarinos quando cantou "United In Grief".

 “Eles julgam você, eles julgam Jesus Cristo, Deus permita os direitos das mulheres,” disse o rapper diversas vezes antes de encerrar o show repentinamente.


Coroa de espinhos

Segundo a Vogue UK, a coroa usada por Kendrick Lamar durante o festival foi inspirada na capa de seu disco Mr. Morale & The Big Steppers (2022).

Feita de titânio personalizado e 8 mil diamantes, a montagem do acessório levou 1.300 horas. Foi criada em colaboração com Lamar, seu diretor criativo Dave Free e o artesão da Tiffany & Co, que fabrica acessórios especiais desde o século XIX.

+++LEIA MAIS: Kendrick Lamar: Criadores de South Park produziram clipe do rapper; entenda

Em entrevista para a Vogue Reino Unido, Dave Free disse que a coroa foi concebida como um sinal de respeito aos artistas que vieram antes de Lamar, explicando que é “uma representação divina das filosofias contadas a partir de uma lente jovem digerível”.

A coroa é uma metáfora para proeza artística, humildade e perseverança, segundo o joalheiro. Para o rapper, isso serve como um aceno de respeito aos artistas que vieram antes dele. (via Vogue UK)

+++LEIA MAIS: Billie Joe, do Green Day, quer renunciar à cidadania americana

O rapper Kendrick Lamar é considerado como um dos artistas mais influentes de sua geração. Seu último disco Mr. Morale And The Big Steppers, lançado em maio deste ano, obteve nota 100 da crítica no Metacritic e 9.1/10 do público.

Mr. Morale & The Big Steppers tornou-se um dos maiores lançamentos do ano e alcançou o topo do ranking de discos mais vendidos. Foram com 295 mil unidades vendidas nos sete primeiros dias, de acordo com a Complex.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Kendrick Lamar (@kendricklamar)

 


Música e protesto

Na última sexta-feira, 24, a Suprema Corte dos Estados Unidos derrubou a decisão de Roe v. Wade, lei federal que garantia o direito ao aborto no país. Foram seis votos de juízes favoráveis e três contrários.

Kendrick Lamar, Olivia Rodrigo, Megan Thee Stallion, Phoebe Bridgers e Billie Eilish estão entre os artistas que se manifestaram no festival Glastonbury publicamente sobre a decisão da Suprema Corte, em abolir a lei federal que permite a legalização do aborto no Estados Unidos. O festival acontece na Inglaterra e quase 100 mil pessoas compareceram ao evento neste final de semana.

Confira abaixo o momento em que Kendrick Lamar canta "Savior"