Fã de Mutantes, Kurt Cobain escreveu carta para Arnaldo Baptista em 1993: "cuidado com o sistema"; veja

Quando a banda veio ao Brasil, o vocalista do Nirvana tentou conhecer o músico brasileiro, mas o encontro infelizmente não aconteceu

Redação Publicado em 05/01/2020, às 14h00

None
Nirvana no Live and Loud, 1993 (Foto: Jeff Kravitz/FilmMagic)

Em 1993, o Brasil recebeu dois shows daquela que é até hoje uma das maiores bandas de grunge de todos os tempos. O Nirvana tocou no Rio de Janeiro e em São Paulo, e foi exatamente nessa época que Kurt Cobain teve contato pela primeira vez com o som dos Mutantes.

Segundo Bill Bartell, integrante do White Flag na época e quem apresentou o grupo brasileiro ao músico, a admiração que Cobain sentiu pelas composições de Arnaldo Baptista, Rita Lee e Sérgio Dias foi instantânea, e até despertou nele o interesse de conhecer pessoalmente Baptista, mas infelizmente o encontro de gigantes não aconteceu. 

+++Leia mais: Casa que Kurt Cobain morreu está assombrada pelo espírito do cantor, diz funcionário da imobiliária

Para compensar o desencontro, o vocalista e guitarrista do Nirvana escreveu um bilhete para o vocalista e baixista dos Mutantes. Veja abaixo.

No bilhete, ele escreveu: "Arnaldo, te desejo o melhor e cuidado com o sistema. Eles te engolem e te cospem de volta como o caroço de uma cereja marrasquino. Com amor, Bill Bartell da Gasatanka Records e White Flag e Kurt Cobain do Nirvana."

Abaixo da mensagem, ele desenhou a si mesmo, ao lado do amigo Bartell, e ainda acrescentou os dizeres: "Os Mutantes. Amor. Brilhante. Genial. Boa diversão e amigos."


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'