Pulse

Green Day fez música inspirada pelos atentados em Paris para novo disco

Líder da banda, Billie Joe Armstrong é amigo de guitarrista do Eagles of Death Metal, que tocou no clube atacado por terroristas em novembro do ano passado

Redação Publicado em 24/08/2016, às 11h37 - Atualizado às 11h45

O trio punk norte-americano Green Day
Reprodução/Facebook

O Green Day está na iminência de lançar um novo disco, Revolution Radio, com lançamento marcado para 7 de outubro. Em entrevista à revista Q (via NME), o trio disse que uma das músicas do trabalho foi inspirada pelos recentes ataques terroristas em Paris, na França.

“Não acho que alguma coisa como o terrorismo tenha nos abalado como naquela noite”, disse o vocalista, Billie Joe Armstrong. “A princípio, compus e pensei: ‘Não sei se quero isso no álbum’. É muito pesado compor sobre isso e eu não queria que isso fosse banal ou piegas.”

LEIA TAMBÉM

[Lista] Os 40 Maiores Álbuns Punk de Todos os Tempos

Lembre como foi a entrada do Green Day no Hall da Fama do Rock and Roll, em 2015

Assista ao Green Day tocando futuras faixas em show de 1990

Armstrong, líder do Green Day, é amigo do guitarrista Eden Galindo, que tocou com o Eagles of Death Metal no show da banda no qual ocorreu o atentado que deixou cerca de 90 mortos no clube noturno parisiense Bataclan, em novembro do ano passado.

Segundo o vocalista, a música, chamada “Troubled Times”, só foi parar em Revolution Radio depois dos ataques em Orlando, nos Estados Unidos, que aconteceram este ano. “Quando Orlando aconteceu, eu pensei: ‘Bom, faz completo sentido colocar [‘Troubled Times’] no álbum’.”

O Green Day já divulgou o primeiro single do novo disco, “Bang Bang”, que mostra o trio se reconectando com o punk básico, direto e infame que marcou a banda nos anos 1990, antes dos conceituais American Idiot (2004) e 21st Century Breakdown (2009). “I got a fever for a violent behavior”, canta Armstrong em meio às aceleradas batidas de Tré Cool.

Ouça abaixo.

Com lançamento marcado para 7 de outubro, Revolution Radio se trata de uma coleção de músicas sobre o estado dos Estados Unidos em 2016. Apesar de ser permeado por um tom político, ele não é um trabalho estritamente conceitual como American Idiot.

O LP é o primeiro álbum do Green Day desde que Armstrong foi para a reabilitação em 2012, sendo também o primeiro trabalho produzido pela própria banda desde Warning (2000). No fim de 2015, o trio lançou a primeira música desde que a trilogia de álbuns, ¡Uno!/¡Dos!/¡Tré!, saiu, em 2012, o single natalino “Xmas Time of the Year”.

Exceto pela performance na cerimônia de indução ao Hall da Fama do Rock , em abril do ano passado, e mais uma apresentação em maio, o grupo tem permanecido longe dos holofotes. Abaixo, veja a capa de Revolution Radio.