Há 40 anos, Queen fazia 1ª show no Brasil e criava relação de amor com o país [FLASHBACK]

Em 20 e 21 de março de 1981, o Queen se apresentou no Estádio do Morumbi, em São Paulo, após não conseguir tocar no Maracanã

Itaici Brunetti | @itaicibrunetti Publicado em 20/03/2021, às 16h53 - Atualizado às 17h33

None
Queen no Estádio do Morumbi em 1981 (Foto: reprodução)

Diferente do que foi retratado no filme Bohemian Rhapsody, o primeiro show do Queen no Brasil não aconteceu no Rock in Riode 1985, e sim em 1981, quando o grupo britânico veio ao país para dois shows no Estádio do Morumbi, em São Paulo, nos dias 20 e 21 de março, há exatos 40 anos. 

A princípio, a banda de Freddie Mercury, Brian May, Roger Taylor e John Deacon, desejava se apresentar com a The Game Tour no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, mas a organização dos shows não conseguiu a liberação do governo para a realização do evento. Então, agendaram duas datas na capital paulista. 

Segundo o livro A Verdadeira História do Queen - Os Bastidores e Os Segredos de Uma Das Maiores Bandas de Todos os Tempos, de Mark Blake, o Queen faria também um show na cidade de Belo Horizonte, mas foi previamente desmarcado sem qualquer explicação. 

+++LEIA MAIS: Freddie Mercury não falava com integrantes do Queen no Rock in Rio [FLASHBACK]

Na época, grandes shows internacionais eram raros de acontecer no Brasil. Frank Sinatra, Genesise Alice Cooper já tinham tocado no país, mas seria a primeira vez que uma banda de tamanho sucesso mundial como o Queen aterrissaria em terras tupiniquins. E isso causou uma comoção e euforia nos fãs que iriam poder ver os ídolos de perto.

Na primeira noite, em 20 de março, Freddie Mercury e cia emocionaram 130 mil fãs cantando hits como "We Will Rock You", "Another One Bites The Dust", "Bohemian Rhapsody", "Love of My Life", "Crazy Little Think Called Love" e "We Are The Champions". No dia seguinte, 21, os ingleses foram assistidos por 120 mil pessoas. 

Espantados ao descobrirem que o Brasil, um país distante da Inglaterra e de língua não inglesa, conhecia todas as músicas - e as cantava, o Queen logo criou uma conexão de amor com o país. Principalmente por causa da balada "Love of My Life", que, segundo Brian May, "não era tão grande no resto do mundo, mas os brasileiros demonstraram uma paixão fora do comum ao cantá-la em uníssono", eternizando o momento na mente de cada integrante da banda. A cena foi repetida no Rock in Rio quatro anos depois. 

Posteriormente, Freddie Mercurydeclarou em entrevistas que ficou surpreso com a recepção dos brasileiros. O cantor disse que não esperava que o público pudesse conhecer tantas músicas do Queen e que ele conseguiria interagir tanto com todos.

Vale ressaltar que, nos anos oitenta, muitos astros da música não tinham a menor ideia de como era o Brasil de fato. Eles imaginavam que o país se restringia apenas ao Rio de Janeiro e à Floresta Amazônica, devido aos cartões postais. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Quem esteve em um dos dois shows do Queen realizado em São Paulo - ou nos dois, não esquece jamais. É fato. E nem a banda esquece, pois, além de ter descoberto uma legião de novos fãs, o grupo, de acordo com o livro de Blake, lucrou 3,5 milhões de dólares com os shows realizados no Brasil e na Argentina. 

+++LEIA MAIS: Brian May tem melhor solo de guitarra de todos os tempos, segundo revista

Para quem não pôde estar nos shows, a TV Bandeirantes exibiu a apresentação da primeira noite ao vivo e pode ser assistida na íntegra abaixo: 


+++ HUNGRIA HIP HOP | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL