Jóhann Jóhannsson, de A Teoria de Tudo, fará trilha da sequência de Blade Runner

Islandês possui duas indicações ao Oscar, um prêmio Globo de Ouro e já trabalhou com o diretor Denis Villeneuve em Sicario: Terra de Ninguém

Redação Publicado em 24/08/2016, às 13h56 - Atualizado às 14h04

Galeria - Filmes anos 80 - Blade Runner – O Caçador de Andróides
Divulgação/Warner Bros.

O compositor islandês Jóhann Jóhannsson foi escalado para fazer a trilha da sequência do clássico filme Blade Runner, o Caçador de Andróides (1982), que deve começar a ser rodada nos próximos dias. As informações são do veículo de notícias da Islândia, Iceland Monitor (via Pitchfork).

Jóhannsson é conhecido por ter faturado um Globo de Ouro (a primeiro islandês a alcançar o feito) e ter sido indicado ao Oscar pelo trabalho dele com a trilha de A Teoria de Tudo (2015). O currículo dele, contudo, também conta com Sicario: Terra de Ninguém (2015) e Os Suspeitos (2013).

Denis Villeneuve, diretor que comandará a sequência de Blade Runner, o Caçador de Andróides, inclusive, já trabalhou com Jóhannsson anteriormente, em Sicario: Terra de Ninguém. Pelo longa de 2015, o islandês também foi indicado ao prêmio de Melhor Trilha Original no Oscar.

LEIA TAMBÉM

[Galeria] 25 melhores filmes dos anos 1980, segundo leitores da RS EUA

Ridley Scott diz como será cena de abertura de Blade Runner 2

Jared Leto foi adicionado ao elenco de Blade Runner 2

Com Villeneuve na direção, o novo Blade Runner tem estreia prevista para outubro de 2017 e trará os retornos de Ridley Scott (diretor do filme original) como produtor executivo, Hampton Fancher como roteirista, e Harrison Ford, que viverá novamente o detetive caçador de replicantes Rick Deckard.

Além de Ford, o elenco de Blade Runner 2 também contará com Jared Leto – de Esquadrão Suicida e Clube de Compras Dallas, recentemente anunciado – Ryan Gosling, Robin Wright, Carla Juri, Ana de Armas, Hiam Abbass, David Dastmalchian, Mackenzie Davis, Sylvia Hoeks e Dave Bautista.

A sequência se passará muitos anos após o final do original. Embora os detalhes da trama não tenham sido revelados, Fancher – em parceria com Michael Green – dará continuidade ao livro de Philip K. Dick Andróides Sonham Com Ovelhas Elétricas?, escrito em 1968, em que o roteirista se baseou livremente para criar o primeiro filme.