Johnny Depp era 'ciumento e controlador,' diz ex-namorada

Amber Heard convidou Ellen Barkin, ex-namorada de Johnny Depp, para testemunhar contra o ator. Ambos mantiveram um relacionamento nos anos 90

Redação Publicado em 20/05/2022, às 15h13 - Atualizado em 23/05/2022, às 18h24

None
Johnny Depp (Foto: Paul Morigi/Getty Images) | Ellen Barkin (Foto: Dimitrios Kambouris/Getty Images for Turner)

Ellen Barkin compartilhou detalhes de seu relacionamento com Johnny Depp como parte da batalha legal em andamento do ator com ex-esposa, Amber Heard. Barkin e Depp mantiveram um relacionamento durantes os anos 1990. 

Em depoimento pré-gravado por Barkin, a atriz de 68 anos afirma que Depp tinha um comportamento "exigente" e "controlador" durante o tempo que passaram juntosO ator teria, inclusive, arremessado uma garrafa de vinho contra a parede em uma das discussões enquanto eram um casal.

+++ LEIA MAIS: Piratas do Caribe: Quanto Johnny Depp ganharia pelo sexto filme da franquia?

Heard pediu uma ordem restritiva contra Depp em maio de 2016, alegando violência doméstica antes de pedir o divórcio. Após o divórcio, a estrela de Aquaman (2018) escreveu um artigo de opinião para o jornal The Washington Post em dezembro de 2018, em que descreveu a si própria como uma "figura pública que representa o abuso doméstico," sem mencionar seu ex-marido.

O protagonista de Piratas do Caribe a processou por US$ 50 milhões em perdas e danos por insinuar que ele é um abusador. Em seguida, Heard o processou por US$ 100 milhões, alegando ter sofrido "violência física e abuso desenfreado" do ex-marido.

+++ LEIA MAIS: Aquaman 2: Warner Bros reduziu papel de Amber Heard no filme, afirma atriz

Nos quatro dias de seu depoimento, Depp negou ter agredido Heard e afirmou que era ela quem frequentemente se mostrava violenta. Nas imagens de Barkin, ela conta ter iniciado uma amizade "puramente platônica," que logo se transformou em "sexual" em 1994, quando ela se mudou para Hollywood. 

Durante os vários meses em que estiveram juntos, Depp "estava bêbado na maior parte do tempo." "É um homem ciumento, controlador, que sempre me questionava 'Aonde vai? Com quem vai? O que fez ontem à noite?'," acrescentou.

+++ LEIA MAIS: Johnny Depp revela motivo de processar ex-esposa, Amber Heard; entenda

"Uma vez ficou muito irritado porque tinha um arranhão nas costas e insistiu em que era porque tive relações sexuais com outra pessoa que não era ele," disse.

Barkin relatou, ainda, um incidente durante as filmagens de Medo e Loucura em Las Vegas (1998) no qual Depp arremessou uma garrafa de vinho do outro lado do quarto do hotel onde estavam hospedados. "(...) Não sei por que jogou a garrafa, embora Depp tenha tido uma discussão com amigos ou com seu assistente", comentou.

+++ LEIA MAIS: Quem é Jack Depp, o filho pouco conhecido, mas muito parecido com Johnny Depp