Para Marcus Mumford, vocalista do Mumford & Sons, nome da banda é “um lixo”

“Você não pensa muito nisso quando está no pub, fez seu primeiro ensaio, escreveu sua primeira música e alguém diz: ‘Você precisa de um nome para a banda agora’”, disse o vocalista

Redação Publicado em 16/12/2016, às 12h22 - Atualizado às 12h23

Mumford & Sons no Lollapalooza 2016
Lucas Guarnieri

O frontman do Mumford & Sons, Marcus Mumford, disse que o nome da banda é “um lixo” e que se arrepende da escolha.

Em entrevista na Radio X, o apresentador Chris Moyles começou a provocar Marcus sobre o nome do grupo, até que o cantor disse: “Eu me arrependo do nome da nossa banda. É um lixo. É um nome lixo.”

“Você não pensa muito nisso quando está no pub, fez seu primeiro ensaio, escreveu sua primeira música e alguém diz: ‘Você precisa de um nome para a banda agora’”, ele completou. Marcus Mumford disse que a escolha desse nome aconteceu porque “somos jovens e não pensamos direito sobre isso. E é claro que eventualmente o nome da sua banda começa a se sobressair ao seu.”

LEIA TAMBÉM

Lollapalooza 2016: veja as fotos do show do Mumford & Sons

Mumford & Sons, Mark Hoppus e Vaccines fazem cover de “Sweet Dreams (Are Made of This)”

Mumford & Sons “encarna” o Blink-182 em clipe de “Brohemian Rhapsody”

Moyles revelou que Ben Lovett, tecladista do Mumford & Sons, escolheu o nome porque pensou que invocaria a ideia de “um negócio de família antiquado”, encaixando-se no estilo folk do grupo.

O cantor já havia dito à revista NME que se ele soubesse o quanto o grupo seria bem sucedido, nunca teria incluído o sobrenome dele no nome. Ele ainda disse que a banda chegou a discutir uma possível mudança do nome, mas era tarde demais.