Meat Loaf contesta aquecimento global e diz que Greta Thunberg sofreu "lavagem cerebral"

"Ela não fez nada de errado, mas foi forçada a pensar que o que ela está dizendo é verdade", afirmou

Redação Publicado em 03/01/2020, às 12h37

None
Meat Loaf (Foto: Divulgação/Facebook) e Greta Thunbeg (Foto 2: Lito Lizana/SOPA Images/Shutterstock)

Em entrevista ao Daily Mail, Meat Loaf se manifestou sobre a questão climática e alegou que a ativista sueca Greta Thunberg foi "submetida a uma lavagem cerebral". 

Thunberg, de 17 anos, inspirou movimentos estudantis na luta contra o aquecimento global e defesa do meio ambiente ao redor do mundo. A jovem deixou de ir às aulas nas sextas-feiras, em 2018, para protestar em frente ao parlamento sueco. O ato ganhou apoio nas redes sociais e foi seguido em outros países. No Brasil, o movimento chegou sob o nome "Fridays For Future". 

+++ LEIA MAIS: Depois de "pirralha" e Bolsonaro, Greta Thunberg zoa Trump no Twitter

"Sinto muito por essa Greta", declarou. "Ela sofreu uma lavagem cerebral ao pensar que existe aquecimento global mas não existe. Ela não fez nada de errado, mas foi forçada a pensar que o que ela está dizendo é verdade".

Apesar da declaração do músico, as controvérsias são altíssimas. No final de 2019, Thunberg  foi eleita como "Pessoa do Ano" pela revista Time e artistas como Billie Eilish a elogiou como porta-voz que está "abrindo o caminho" para a próxima geração.

"Ela está fazendo o que quer e sinto-me honrada em ser comparada a ela", contou Eilish ao NME.

+++ LEIA MAIS: Billie Eilish é eleita a Mulher do Ano pela Billboard e brinca: "nunca me chamaram de mulher"

"Espero que os adultos e os idosos comecem a nos ouvir [sobre as mudanças climáticas] para que não morrermos. As pessoas idosas vão morrer e realmente não se importam se morrermos, mas ainda não queremos morrer." 

Além de Eilish, Thunberg recebeu elogios de outros artistas como Leonardo DiCaprio, Björk e The 1975


+++ CORUJA BC1: 'FAÇO MÚSICA PARA SER ATEMPORAL E MATAR A MINHA PRÓPRIA MORTE'