Morre Gift of Gab, rapper do Blackalicious, aos 50 anos

Timothy J. Parker, também conhecido como Gift of Gab, da dupla de rap Blackalicious, morreu na última sexta, 18 de junho

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 25/06/2021, às 18h00

None
Gift of Gab, da dupla de rap Blackalicious (Foto: Jeff Gentner/Getty Images)

Timothy J. Parker, também conhecido como Gift of Gab, da dupla de rap norte-americana Blackalicious, morreu na última sexta, 18 de junho, aos 50 anos. A causa da morte não foi revelada ao público, mas a família do artista informou como ele sofreu de falência renal em 2014. As informações são do Consequence Sound.

Parker passava por diálises de três a quatro vezes por semana para tratar a doença, mesmo quando estava em turnê, e conseguiu um transplante de rim em 2020. O artista nasceu em 7 de outubro de 1971, em Sacramento, na Califórnia (EUA), e desde os anos 1990, participava da cena do rap na área.

+++LEIA MAIS: A cultura hip-hop na pandemia: como as batalhas de rima se reinventaram em tempos de isolamento social [ENTREVISTA]

O Blackalicious surgiu em 1992, com a parceria entre Gift of Gab e DJ Chief Xcel (Xavier Mosley). Juntos, criaram um novo jeito de fazer rap e hip-hop, com rimas complexas, multissilábicas e com torção da língua. Nia (1999) e BlazingArrow (2002) são dois discos que se tornaram clássicos do gênero, entre os quatro lançados pela dupla. Parker gravou quase 100 novas faixas para o Blackalicious antes de sua morte.

"Nosso irmão era o MC dos MCs, e dedicou sua vida ao trabalho," disse Chief Xcel em um comunicado. Descreveu o amigo como um dos maiores da indústria e uma das pessoas mais prolíficas do mundo. "Ele ia além das barreiras da arte da forma mais autêntica possível. Realmente acreditava no poder curativo da música. Enxergava-se como um veículo usado por um poder maior para contribuir positivamente com a humanidade pela Rima."

+++LEIA MAIS: Com histórias inéditas e universais, Tales quer expandir o Hip-Hop para além das comunidades negras: ‘A cultura Hip-Hop dominou o mundo’ [ENTREVISTA]


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL