Novo clipe de Beyoncé pode ter plagiado artista sul-africano, sugere perfil

Uma página no Instagram apontou semelhanças entre os vídeos "Spirit", da Beyoncé, e “La Maison Noir: The Gift and The Curse”, de Petite Noir; confira

Redação Publicado em 22/07/2019, às 13h47

None
Beyoncé no clipe de "Spirit" (Foto: Reprodução / YouTube)

Na última terça, 16, Beyoncé lançou um clipe extendido para ilustrar as faixas "Spirit" e "Bigger", que integram a trilha sonora de O Rei Leão.

Uma página no Instagram, no entanto, sugere que o vídeo, dirigido por Jake Nava, apresenta semelhanças consideráveis com o conceito apresentado pelo cantor Petite Noir na música “La Maison Noir: The Gift and The Curse”, lançada em maio de 2018, em questão de figurino, coreografia e recortes.

“Parece que os trajes eram apenas a ponta do iceberg (...) Com quase 2 milhões de visualizações no YouTube, o filme de 17 minutos gira em torno de um cosmograma do Congo, referenciando os quatro elementos, do fogo, terra, água e ar. Também simboliza o renascimento", escreveu o perfil Diet Prada. "Na jornada visual através dos estágios de formação da vida do músico, temas de resistência, migração e direitos das mulheres também são explorados."

De acordo com a própria artista, o projeto é uma carta de amor para o continente africano: "Eu queria ter certeza de que encontraríamos os melhores talentos. Eu queria que fosse autêntico e mostrasse o que é bonito sobre a música da África."

Assista ao vídeo comparativo aqui.

+++ VÍDEO: Di Ferrero escolhe os melhores de todos os tempos: de Metallica a Charlie Brown Jr.