“Parece que as pessoas em SP assistem ao show pelo celular”, diz Mick Jagger

Em entrevista ao SuperPop, vocalista dos Rolling Stones brinca que capital paulista é “a cidade do celular”

Redação Publicado em 03/03/2016, às 16h05 - Atualizado em 19/06/2018, às 18h04

Rolling Stones em São Paulo (25/02)
Roberto Larroude

Os Rolling Stones fizeram na última quarta, 2, em Porto Alegre, o último show da atual excursão pelo Brasil (além do estádio Beira Rio, eles tocaram no Rio de Janeiro, no sábado, 20, e em São Paulo, primeiro na quarta, 24, e depois no sábado, 27). Ao programa SuperPop, o líder do grupo, Mick Jagger, afirmou que o público paulista “assiste ao show pelo celular.”

Como aconteceu em 2006, última vez que os Stones tocaram no Brasil, o vocalista da banda deu uma única entrevista no país, para o mesmo veículo. Muito devido à relação dele com a apresentadora do programa da RedeTV!, Luciana Gimenez – com quem o artista tem um filho, Lucas Jagger.

Durante a conversa de pouco mais de 15 minutos, Luciana perguntou a Jagger sobre a diferença entre os públicos da banda. “Em cada lugar é diferente, então você tem se adaptar ao clima de cada lugar”, disse ele. “No Rio [de Janeiro] é tranquilo. Não é eufórico, não sinto o clima de euforia.“

“São Paulo já é um tipo diferente de público”, continuou Jagger, falando em seguida das pessoas que passaram o primeiro show da banda na cidade– o de quarta, 24 – com as mãos erguidas, segurando o celular e fazendo registros da apresentação. “Parece que as pessoas em São Paulo assistem ao show pelo celular.”

Ele ainda disse que a capital paulista parece uma “cidade do celular”. “Você vê um mar de celulares”, comentou, dando risadas. A entrevista foi feita antes da segunda apresentação dos Stones em São Paulo. Depois da conversa com Luciana, o quarteto tocou outra vez na cidade, no estádio Morumbi, e seguiu para Porto Alegre.

O vocalista dos Stones ainda falou de uma maneira mais genérica sobre o público da América do Sul. “Os sul-americanos são famosos por serem calorosos, entusiasmados”, disse ele. “Às vezes eles cantam músicas de torcida de futebol. São bem parecidos com os espanhóis e italianos.”

A entrevista ao SuperPop ainda abordou assuntos como a família – ao relação dele com os filhos e netos – e a série da HBO que Jagger produz ao lado de Martin Scorsese, Vinyl. Até o último domingo, 28, três episódios da produção foram exibidos, e um dos personagens principais é interpretado por James Jagger, filho de Mick.

Novo disco dos Rolling Stones

Mick Jagger também falou sobre um possível novo disco de estúdio dos Stones, que seria o primeiro da banda em dez anos. Segundo ele, o quarteto – formado ainda por Keith Richards, Ron Wood e Charlie Watts – entrou em estúdio antes do último natal, em 2015, para trabalhar no sucessor de A Bigger Bang (2005).

“Gravamos algumas músicas novas, mas não sabemos ainda quando serão lançadas”, assumiu Jagger. “Na primavera [do hemisfério norte] vamos gravar mais um pouco”. Os Stones devem retornar ao estúdio depois de tocar no recém-anunciado show gratuito e ao livre em Havana, Cuba, no dia 25 deste mês.

Assista à íntegra da entrevista de Mick Jagger ao SuperPop abaixo.