Policial responde acusações de Fiona Apple

“Meu último conselho é ‘cale a boca e cante’”, afirmou o porta-voz da delegacia

Redação Publicado em 24/09/2012, às 15h25 - Atualizado às 15h55

Fiona Apple
AP

Dois dias depois de ser presa por posse de maconha e haxixe, Fiona Apple fez declaração durante um show em Houston afirmando que quatro policiais tiveram um tipo de comportamento “inadequado” e “provavelmente ilegal” com ela. Rusty Fleming, um dos responsáveis pela detenção em Hudspeth County, onde ela foi mantida, respondeu as acusações em carta aberta enviada à cantora e publicada pelo site TMZ.

Leia textos das edições anteriores da Rolling Stone Brasil – na íntegra e gratuitamente!

“Duas semanas atrás ninguém no país ligava para o que você tinha a dizer – agora parece que como você foi presa toda a sua carreira se reergueu”, disparou Fleming, depois que a cantora ameaçou divulgar os nomes dos policiais. “Talvez se você lesse algo além de seus próprios releases de imprensa você saberia antes de chegar aqui que se você vem para o Texas com droga, os policiais vão pegar a droga e te colocar na prisão”, afirmou o oficial lembrando de casos como Snoop Dogg.

E finalizou: “Mesmo embora eu só tenha te encontrado brevemente no caminho, eu não te conheço mas sei que você é incrível e uma garota talentosa. Mesmo que não seja fã, sei que existem milhares deles, e espero que ele possam te ajudar a superar esta história – então meu último conselho é ‘cale a boca e cante’”.

Fiona foi presa na quarta-feira, 19, nos limites da cidade Sierra Blanca, no Texas, onde a polícia encontrou haxixe e maconha dentro do seu ônibus de turnê. Dois dias depois ela se pronunciou durante show. Veja o vídeo aqui.