Quentin Tarantino rebate críticas sobre cena de Bruce Lee em Era Uma Vez em… Hollywood: 'Chupem um p**'

Lendário cineasta, Quentin Tarantino falou sobre o momento controverso da carreira

Redação Publicado em 30/06/2021, às 16h13

None
Quentin Tarantino (Foto: Vianney Le Caer / Invision AP) e cena de Era uma Vez em... Hollywood representando Bruce Lee (Foto: Divulgação)

Quentin Tarantino falou sobre os momentos controversos da carreira em uma nova entrevista ao Joe Rogan Experience, via The Hollywood Reporter, episódio lançado nesta terça, 29. Uma das pautas discutidas pelo icônico cineasta foi a cena de Bruce Lee em Era Uma Vez em... Hollywood

A luta de Bruce Lee foi criticada por retratar a lenda das artes marciais como um fanfarrão derrotado por Cliff Booth (Brad Pitt): "Posso entender que a filha dele tenha um problema com isso, é a p**** do pai dela, eu entendo. Mas qualquer outra pessoa [pode] chupar um p**. Se você olhar para ele, é óbvio que Cliff o enganou, é assim que ele foi capaz de [vencê-lo], é explicado um pouco mais no livro." 

+++LEIA MAIS: Como foi a real luta entre Bruce Lee e um dublê - e foi bem diferente da mostrada em Era uma Vez Em Hollywood, com Brad Pitt

O diretor continuou: "Dublês odiavam Bruce em The Green Hornet, está no livro de Matthew Polly. Bruce não tinha nada além de desrespeito pelos dublês norte-americanos [...] isso chegou ao ponto em que eles se recusaram a trabalhar com ele." 

"Quis fazer com que parecesse real. [...] Se Cliff lutasse com Bruce Lee em uma competição de artes marciais no Madison Square Garden, Cliff não teria chance. Mas como um assassino [...], ele o mataria", concluiu. 

+++ LEIA MAIS: 4 curiosidades sobre Bastardos Inglórios, clássico de Quentin Tarantino [LISTA]

Vale lembrar que o livro escrito por Quentin Tarantino tem lançamento previsto para 2021 pela Editora Intrínseca, e expandirá o universo de Era uma Vez em... Hollywood (2019), o qual venceu duas estatuetas do Oscarem 2020 e foi um sucesso de público e crítica.

+++ LEIA MAIS: Como a vida de Quentin Tarantino demonstra amor pelo cinema? De empregado em locadora ao Oscar


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL