Serj Tankian comenta vídeo viral 'System of A Dilma': 'Pelo menos não usaram o Bolsonaro'

Em entrevista ao site G1, vocalista assistiu ao vídeo que une discurso de Dilma Rousseff com o hit "Chop Suey!", do System of A Down

Itaici Brunetti | @itaicibrunetti Publicado em 03/04/2021, às 14h30

None
Serj Tankian, vocalista do System of A Down (Foto:Reprodução/YouTube)

Em recente entrevista ao site G1, Serj Tankian, vocalista do System of A Down, assistiu e comentou o famoso vídeo viral intitulado "System of A Dilma", que une em edição o discurso da ex-presidente do Brasil, Dilma Rousseff, com o hit "Chop Suey!"

Após assistir ao vídeo (e rir), Serj Tankian opinou: "Acho hilário. Acho engraçado, eu estava gargalhando ouvindo e assistindo. Era o Lula, certo? Dilma e Lula? Engraçado, muito engraçado. Pelo menos usaram eles e não o Bolsonaro."

+++LEIA MAIS: 'Brasil precisa de um adulto no comando', diz Serj Tankian, do System of A Down

Ao ser informado que Dilma e Lula estavam falando de desigualdade e do FMI no vídeo, o vocalista do System of A Down brincou: "Sim, então está ok. Eu não vou pedir os direitos autorais deles." 

"System of A Dilma" foi criado pelo DJ Faroff e Alexandre Bursztyn (Xandelay) em 2011. Desde então, o vídeo viralizou atingindo mais de 4 milhões de visualizações e tem 42 mil curtidas. Relembre:  

Na mesma entrevista para o G1,Serj Tankian afirmou que fica "chocado" com alguns fãs que são surpreendidos ao saberem que suas letras falam sobre política. 

Ao ser questionado se acontece de pessoas de outros países não saberem que ele canta sobre isso devido à barreira da língua, o cantor respondeu: "Acontece sim. Eles podem não entender a língua. Mas às vezes eles só não imaginam que eu cantaria isso. Algumas letras nossas são vagas, mas algumas são muito específicas. Meu ponto de vista sempre foi muito específico."

+++LEIA MAIS: Guitarrista do System of A Down se manifesta a favor de armas de fogo: 'Essenciais para autodefesa'

Serj Tankian, que também é ativista e apoiador do democrata americano Bernie Sanders, continuou: "Então, quando as pessoas ficam surpresas, eu fico surpreso com elas. Como você pode se surpreender com o meu ponto de vista. E você é um fã? Como pode ser? Eu fico chocado. Estou fazendo isso há 25 anos, onde diabos você estava?" 

Ainda no assunto, o vocalista completou: "Se você ouvir os meus discos pela primeira vez, ok, mas se você está ouvindo System of a Down e minhas músicas por muito tempo e você me diz para não fazer política na música, eu não sei o que falar." 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Serj Tankian acaba de lançar o EP Elasticity, com músicas sobre o conflito na Armênia e desigualdades sociais. Em 27 de abril, lançará o documentário Truth To Power, sobre ativismo e a crise em seu país natal.

Já o System of A Down não lança um álbum completo há 16 anos. No ano passado, o grupo divulgou duas inéditas: "Protect the Land" e "Genocidal Humanoidz."


+++ KONAI: 'ESTAMOS EM PRESSÃO CONSTANTE PARA SER O QUE NÃO É NOSSO NATURAL' | ENTREVISTA