Sessão de Coringa em Paris é evacuada após suposta ameaça terrorista

Capital francesa sofreu, ao longo dos últimos anos, diversos ataques relacionados ao Estado Islâmico

Redação Publicado em 29/10/2019, às 14h28

None
Coringa (Foto: Reprodução / Warner Bros)

Uma sessão de Coringa em Paris foi evacuada nesta segunda, 28, por causa de uma ameaça terrorista. De acordo com o Le Parisien, um homem na plateia gritou “Allahu Akbar!” (“Alá [deus] é Grande” em árabe). Anteriormente, a frase foi dita por alguns terroristas do Estado Islâmico durante ataques.

Antes de gritar, o homem estava murmurando palavras em árabe, e irritou outras pessoas, que o pediram para parar - chamando atenção para ele. Algumas pessoas, assustadas, saíram da sala de cinema (cerca de 25 das 200 cadeiras). Capturado pela polícia, o homem de 34 anos admitiu que era um plano para roubar pertences das pessoas na exibição.

+++ LEIA MAIS: Coringa: presidente da Warner Bros agradece equipe do filme por recorde de bilheteria

Paris já sofreu ataques terroristas de integrantes do Estado Islâmico. Em novembro de 2015, uma série de atos violentos com bombas, sequestros e atentados suicidas varreu a capital francesa, e a responsabilidade foi assumida pelo E.I. A justificativa foi retaliação pelas atitudes da França durante conflitos entre Síria e Iraque.

Poucos meses antes, em janeiro de 2015, houve o ataque islâmico com repercussão mundial ao jornal satírico Charlie Hebdo. Saïd e Chérif Kouachi, os dois irmãos atiradores, disseram que foi uma vingança pelos insultos desferidos aos muçulmanos na publicação.