Pulse

Tekashi 6ix9ine confirma que encomendou a morte de rapper rival por 20 mil dólares

Chief Keef foi baleado no lado de fora de um hotel na Times Square, mas sobreviveu

Redação Publicado em 19/09/2019, às 12h37

None
Tekashi 6ix9ine (Foto: Reprodução / Instagram)

O rapper Tekashi 6ix9ine, de nome Daniel Hernandez, está testemunhando em um dos casos contra integrantes do Nine Trey Gansta Bloods, na tentativida de reduzir sua própria sentença de prisão. 

Em junho de 2018, o astro esteve envolvido em uma polêmica sobre o assassinato do rival Chief Keef. Ele havia sido baleado no lado de fora do W Hotel da Times Square, mas sobreviveu.

+++ LEIA MAIS: Nicki Minaj anuncia aposentadoria da carreira para “começar uma família”

No tribunal, Tekashi explicou como organizou contra Keef e prometeu um pagamento de US $ 20.000 ao atirador. No entanto, o preço foi reduzido para US $ 10.000 depois que Tekashi descobriu que o assassino havia disparado apenas um tiro e errou o alvo.

No início deste ano, o atirador de Keef, Kintea McKenzie, se declarou culpado. Em fevereiro, o Tekashi se declarou culpado de nove acusações, conspiração e extorsão, múltiplos delitos com  armas de fogo, tráfico de entorpecentes e outros. Ele pegar pelo menos 47 anos de prisão.