Walking Dead da vida real? Ministro da Educação chama jovens brasileiros de ‘ZUMBIS existenciais’

Milton Ribeiro palestrou em um evento contra mutilações e suicídios

Redação Publicado em 11/09/2020, às 09h00

None
Milton Ribeiro (Foto: Getty Images/ Andressa Anholete)

Nesta quinta-feira, 10, o Ministro da Educação Milton Ribeiro chamou os jovens brasileiros de 'zumbis existenciais' ao discursar em um evento de conscientização sobre mutilações e suicídios.

Também pastor, Ribeiro disse que uma onda atual de desconstrução deixa a juventude à deriva. "Nós temos hoje no Brasil, motivados creio eu, meu diagnóstico, por essa quebra de absolutos e de certezas, verdadeiros zumbis existenciais. Não acreditam mais em nada, desde Deus a política. Eles não têm nenhuma motivação."

+++LEIA MAIS: DiCaprio critica Bolsonaro e ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles responde: 'Vai por dinheiro onde está a sua boca?'

A declaração do ministro contraria o consenso de especialistas que indicam que não há relação entre a religiosidade e suicídio, como apontado pelo Aventuras na História. Os profissionais da área pedem para que as pessoas tenham cuidado ao espalharem aquilo que eles chamam de “mitos prejudiciais”.

Milton Ribeiro atribuiu a suposta onda de desconstrução a "grande moda dos sociólogos e filósofos". "Quando olho os livros no Ministério da Educação, livros antigos, vejo algumas críticas que seriam próprias, talvez, para um quase jovem, não para uma criança de sexto ano [...] São discussões e desconstruções históricas que, para mim, não são oportunas naquela faixa etária", afirmou o político." 


+++ BK' lança novo disco e fala sobre conexão com o movimento Vidas Negras Importam: 'A gente sabia que ia explodir'