4 músicas dos Beastie Boys mais hardcore do que rap - sem contar 'Sabotage'

Antes de serem um trio de MCs, MCA, Ad-Rock e Mike D começaram com uma banda barulhenta e raivosa

Igor Brunaldi Publicado em 09/11/2020, às 14h00

None
Capa do livro de fotos Beastie Boys (Foto: Reprodução/Spike Jonze)

Os Beastie Boys marcaram o mundo da música, no fim dos anos 1970, principalmente por serem três brancos de Nova York que se inseriram no mundo ho hip-hop com rimas extremamente criativas e bem humoradas, além de produções ousadas e experimentais de beats.

Mesmo quem não é de fato um fã declarado do trio, provavelmente conhece o hit "Sabotage", ou talvez até já tenha jogado "No Sleep Till Brooklyn" no Guitar Hero. Essas músicas, junto com "Fight For Your Right to Party", exemplificam o lado roqueiro de Mike D, Ad-Rock e MCA

E de fato, o projeto começou como uma banda de hardcore punk, com o nobre objetivo de expressar a rebeldia juvenil de Nova York da metade da década de 1970.

Porém, apesar de terem focado no rap, os Beastie Boys nunca abdicaram completamente das origens, e espalharam ao longo da discografia faixas que deixavam de lado os beats ousados e as rimas para dar espaço a guitarras distorcidas e gritos.

Veja abaixo 4 músicas que representam muito bem o lado hardcore dos Beasties Boys.

+++LEIA MAIS: Flashback: há 25 anos, Beastie Boys detonavam no VMA com "Sabotage"


"Heart Attack Man" - do disco Ill Communication (1994)


"Gratitude" - do disco Check Your Head (1992)


"Looking Down the Barrel of a Gun" - do disco Paul's Boutique (1989)


"Time For Livin'" - do disco Check Your Head (1992)

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ TERNO REI | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO