Chadwick Boseman: como ator de Pantera Negra fez história nos cinemas

Um grande destaque do Universo Cinematográfico Marvel (MCU), Chadwick Boseman morreu aos 43 anos após uma batalha contra um câncer

Redação Publicado em 28/08/2021, às 14h00

None
Chadwick Boseman (Foto: Emma McIntyre/Getty Images for MTV)

O dia 28 de agosto de 2020 não será esquecido tão cedo: na data, o mundo perdia Chadwick Boseman, o memorável Rei T'Challa, o Pantera Negra do Universo Cinematográfico Marvel (MCU). Diagnosticado em 2016, o astro lutava secretamente contra um câncer de cólon, e faleceu precocemente aos 43 anos. 

Em 2016, o ator estreou Rei T'Challa em Capitão América: Guerra Civil. Segundo o The Atlantic, portanto, após o diagnóstico, Boseman filmou e apareceu em Marshall: Igualdade e Justiça (2017), Pantera Negra (2018), mais dois filmes dos VingadoresGuerra Infinita e Ultimato(2018 e 2019, respectivamente) -, Crime sem Saída (2019), Destacamento Blood(2020) e A Voz Suprema do Blues (2020). 

+++ LEIA MAIS: Michael B. Jordan fala sobre Chadwick Boseman não ter ganhado Oscar: 'Não há prêmio que possa validar o legado dele'

É um ritmo insano vindo de um astro que estava fazendo grandes filmes de Hollywood por apenas dois anos antes do principal momento na Marvel com Pantera Negra, via The Atlantic. É uma icônica lista de títulos e, aparentemente, ainda mais milagrosa à luz do conhecimento de que Boseman conseguiu desempenhar grandes papéis enquanto silenciosamente passava por cirurgias e sessões de quimioterapia.

A história de uma lenda

Formado pela Howard University e pela British American Drama Academy, desde os primeiros papéis, o grandioso ator buscava veementemente combater estereótipos racistas na cultura popular, especialmente na indústria cinematográfica, e se preocupava constantemente em levantar debates sobre as pautas, via BBC.

+++LEIA MAIS: Tudo o que sabemos sobre Pantera Negra: Wakanda Forever - data, sinopse e mais

Aos 26 anos, Chadwick Boseman foi demitido pelos produtores da novela All My Childrenpor levantar preocupações acerca do próprio personagem, Reggie, quem era descrito pouco mais que um "bandido adolescente," segundo a BBC.

Em entrevista ao The Wrap, em 2019, explicou que reproduzir esta proposta não fazia parte do "manifesto" dele - especialmente como um graduado da Howard University, uma instituição historicamente negra que "instigou [nele] uma certa dose de orgulho," como disse em um discurso em 2018. 

+++ LEIA MAIS: Chadwick Boseman aprendeu a tocar trompete para A Voz Suprema do Blues

Para Boseman, a intenção em atuar não estava relacionada ao pagamento, o astro procurava desafiar as percepções negativas e mostrar as complexidades das comunidades negras a partir do seu trabalho. "Muitas vezes, a humanidade dos personagens negros não está lá", explicou à Rolling Stone em 2018 e, ao longo da sua carreira, esforçou-se ao máximo para ser parte dessa mudança, via BBC

Havia uma urgência em Chadwick Boseman em revolucionar a visão da indústria cinematográfica acerca dos estereótipos estabelecidos aos personagens negros por tantos anos. O astro foi grandioso nesta batalha, sendo parte importante dela, deixando sua marca e, de fato, fazendo história nos cinemas. 

+++LEIA MAIS: Pantera Negra 2 sem Chadwick Boseman é ‘muito estranho’, diz Martin Freeman

Desempenhos inesquecíveis

Chadwick Boseman não apenas deixou sua marca devido à luta para trazer debates sobre os negros na indústria cinematográfica, como também deu aula de atuação por onde passou, como lembra a BBC. "O que realmente chamou a atenção sobre Chadwick é que ele estava comprometido de uma forma rara," disse a diretora e roteirista de The Kill Hole (2012), Mishca Webley, à BBC

"Ele vai absorver completamente o personagem; tudo, desde como eles falam, seu passado e muitos subtextos que você nunca verá de verdade, desde o treinamento físico," completou Mishca Webley. A habilidade e a disciplina para viver um personagem com intensidade e comprometimento são os dois motivos que tornaram Chadwick Boseman uma das principais escolhas para interpretar ícones da história negra. 

+++LEIA MAIS: O que convenceu Chadwick Boseman retomar papel de Pantera Negra em What If, da Marvel?

A versatilidade e talento chamou a atenção de diversos estúdios, inclusive, da Marvel. Na época de Get on Up - A História de James Brown (2014), o astro recebeu um telefonema do MCU - a chegada do personagem Pantera Negra em seu universo cinematográfico se aproximava, e havia apenas uma pessoa que eles queriam.

"O único ator que discutimos para interpretar T'Challa foi Chadwick Boseman," revelou KevinFeige em entrevista, via BBC. O resto é história; o filme foi sucesso de crítica, bilheteria e é um dos mais importantes do MCU.

+++LEIA MAIS: Pantera Negra: Wakanda Forever teve cinco roteiros após morte de Chadwick Boseman

Eterno e inesquecível: Chadwick Boseman deixou seu legado nos cinemas por ser uma das figuras mais importantes da atualidade para a história de Hollywood.  


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!