Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Mulher-Maravilha 3: Patty Jenkins se pronuncia sobre saída da direção

Após entrada de James Gunn e Peter Safran na chefia do DC Studios, Mulher-Maravilha 3 começou a correr risco de cancelamento

Redação Publicado em 14/12/2022, às 10h59

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Patty Jenkins (Foto: Kevin Winter/Getty Images for Turner)
Patty Jenkins (Foto: Kevin Winter/Getty Images for Turner)

As produções da DC nos cinemas, televisão e animação passam por grandes processos de mudanças. Em dezembro de 2022, The Hollywood Reporter reportou que Mulher-Maravilha 3 poderia ser cancelado e que a diretora, Patty Jenkins, saiu do cargo. Alguns dias depois da notícia, a cineasta se pronunciou e afirmou como "não abandonou" o terceiro capítulo da trilogia.

Como o site reportou, Mulher-Maravilha 3, com roteiro escrito por Jenkins e Geoff Johns, é considerado "morto" e não deve avançar para outros estágios além da pré-produção. Além disso, The Hollywood Reporter explicou como a diretora enviou um novo tratamento do roteiro para o estúdio, mas os novos líderes da DC Studios (James Gunn e Peter Safran) e Warner Bros. Pictures informaram que a sequência, como estava, não se encaixava nos novos planos do DC Universe (DCU), o qual engloba filmes, animações e séries.

+++LEIA MAIS: Liga da Justiça, Mulher-Maravilha e mais: Qual a ordem certa para assistir aos filmes da DC?

Nas redes sociais, a diretora falou como tentou dividir o tempo entre o terceiro filme e Rogue Squadron, filme do universo Star Wars que segue em desenvolvimento. "Quando começou as notícias sobre a Mulher-Maravilha 3 não acontecer, a atraente história falsa de clickbait de que fui eu quem matou o filme ou o abandonei começou a se espalhar," escreveu. "Isto simplesmente não é verdade. Eu nunca me afastei. Eu estava aberta a considerar qualquer coisa que me pedissem."

"Pelo que entendi, não havia nada que eu pudesse fazer para avançar neste momento," continuou Patty Jenkins. "DC está obviamente enterrada em mudanças que eles estão tendo que fazer, então eu entendo que essas decisões são difíceis agora."

+++LEIA MAIS: Mulher-Maravilha: Diretor de Cavaleiro da Lua critica cena no Egito em sequência da DC: ‘Vergonha’

Além disso, James Gunn respondeu à publicação da cineasta e escreveu uma mensagem em clima de paz: "Posso garantir que todas as minhas interações com Peter e você foram apenas agradáveis ​​e profissionais." Leia o texto de Jenkins completo abaixo:

Não sou de falar sobre assuntos particulares de carreira, mas não vou permitir que as imprecisões continuem. Aqui estão os fatos:

Originalmente, deixei Rogue Squadron após um longo e produtivo processo de desenvolvimento, quando ficou claro que não poderia acontecer em breve e eu não queria atrasar mais Mulher-Maravilha 3. Quando o fiz, Lucasfilm me pediu para considerar voltar para RS após Mulher-Maravilha 3, o que tive a honra de fazer, então concordei. Eles fizeram um novo acordo comigo. Na verdade, ainda estou trabalhando nisso e esse projeto está em desenvolvimento ativo desde então. Não sei se vai acontecer ou não. Nunca sabemos até que esteja completo, mas aguardo seu potencial à frente.

Quando começou as notícias sobre a Mulher-Maravilha 3 não acontecer, a atraente história falsa de clickbait de que fui eu quem matou o filme ou o abandonei começou a se espalhar. Isto simplesmente não é verdade. Eu nunca me afastei. Eu estava aberta a considerar qualquer coisa que me pedissem. Pelo que entendi, não havia nada que eu pudesse fazer para avançar neste momento. A DC está obviamente enterrada em mudanças que eles estão tendo que fazer, então eu entendo que essas decisões são difíceis agora.

Não quero que uma bela jornada com MM chegue a uma nota negativa. Eu amei e fiquei muito honrada por ser a pessoa que fez esses dois últimos filmes da Mulher-Maravilha. Ela é uma personagem incrível. Viver dentro e em torno de seus valores torna a pessoa uma pessoa melhor a cada dia. Desejo a ela e a seu legado um futuro incrível pela frente, comigo ou sem mim.

Caminhar lado a lado com Lynda Carter, uma lenda absoluta e farol de bondade e luz, tem sido emocionante. Aprendi muito com ela e sempre a estimarei como amiga e mentora. Minha equipe tem sido como uma família e lutou diariamente para dar ao mundo os melhores filmes que podiam. E Gal... Gal Gadot. Por onde eu começo? Gal é o maior presente que recebi em toda essa jornada. Uma amiga querida, inspiração e irmã. Não há palavras que eu possa usar para transmitir o quão mágica ela é. Ela é a personificação ambulante da Mulher-Maravilha na vida real e uma pessoa melhor do que o mundo pode imaginar. Nunca nos milhões de momentos que passei com ela vi nada menos. Ela é um presente para este mundo e, mais ainda, para mim.

Por último, mas mais importante, OBRIGADA aos incríveis fãs de MM e por todo seu amor e apoio. Os fãs da Mulher-Maravilha, muitas vezes, não são os mais visíveis na mídia e online, mas quero que saiba que sempre vimos e celebramos você e sua importância. Você estava em primeiro lugar em nossas mentes todos os dias em que fizemos os dois últimos filmes. Vocês são as melhores e mais amorosas pessoas e estou ansiosa para sempre celebrá-los.

Obrigada a TODOS por esta jornada maravilhosa. Mantenha o espírito da Mulher-Maravilha. Qualquer dia que você enfrentar dificuldades, tente perguntar: O que a Mulher Maravilha faria? Espero que seu farol de amor, verdade e justiça esteja sempre lá para mostrar o caminho para você, como ela fez para mim.