Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Cinema / Futuro

Os Mercenários 4 é o fim de Sylvester Stallone na franquia? Diretor responde

Sylvester Stallone teve pouco tempo de tela na quarta entrada da franquia de filmes de ação

Sylvester Stallone como Barney Ross, de Os Mercenários (Foto: Divulgação)
Sylvester Stallone como Barney Ross, de Os Mercenários (Foto: Divulgação)

Um dos pontos mais criticados de Os Mercenários 4, que chegou aos cinemas brasileiros em 21 de setembro de 2023, é a pouca presença de tela de Sylvester Stallone, intérprete de Barney Ross. Com isso, o futuro do astro na franquia ficou incerto.

Durante entrevista ao Moviefone, Scott Waugh, diretor da quarta entrada de Os Mercenários, comentou como Stallone não reprisará o papel de Barney Ross - e a nova estrela deverá ser Jason Statham (Lee Christmas).

+++LEIA MAIS: Mercenários 4: Diretor explica ausência de Antonio Banderas

"Acho que a ideia de Stallone passar isso para Statham é emocionante. Stallone ainda me surpreende, a capacidade física nessa idade," afirmou. "Ainda é inacreditável para mim. Tenho 53 anos e estou acabado, e de alguma forma ele está com quase oitenta anos e ainda consegue fazer isso."

Mas acho que para Sly, ele está em um lugar da vida onde o tempo é muito importante para ele.

"Estar no auge de um filme dos Mercenários ocupa muito do seu tempo e eu respeito isso totalmente," continuou o cineasta. "Jason tem a minha idade e ainda está animado em trabalhar muito continuamente. Então foi uma passagem natural."

+++LEIA MAIS: Mercenários 4: Como 50 Cent deslocou dedo de dublê acidentalmente: 'Ele é como um tanque'

No entanto, Scott Waugh não descartou totalmente um possível retorno de Sylvester Stallone para Os Mercenários 5, caso exista: "Agora, direi, definitivamente não acho que Sly esteja totalmente fora da franquia. Acho que Sly sempre fará parte disso. Ele é o titular de Os Mercenários e o diretor original. Então eu acho que é sangue novo com o antigo."