Viúva Negra: CEO da Disney nega acusações de Scarlett Johansson sobre falta de pagamento por filme

CEO da Disney, Bob Chapek falou sobre processo de Scarlett Johansson e como nenhuma estrela foi prejudicada com o lançamento duplo de Viúva Negra

Redação Publicado em 13/08/2021, às 19h32

None
Scarlett Johansson como Natasha Romanoff em Viúva Negra (Foto: Divulgação/Disney)

CEO da Disney, Bob Chapek se pronunciou pela primeira vez sobre o processo de Scarlett Johansson contra a empresa. Atriz moveu ação contra o estúdio por conta do lançamento de Viúva Negra (2021) simultaneamente nos cinemas e no streaming, alegando não receber os lucros do Disney+. (via Variety)

Em teleconferência para discutir os ganhos do terceiro trimestre de 2021, Chapek defendeu o lançamento duplo de Viúva Negra, por conta do covid-19: "Bob Iger e eu, junto a equipe de distribuição, determinamos que essa era a estratégia certa para nos permitir alcançar o público mais amplo possível."

+++ LEIA MAIS: Viúva Negra apresentou o primeiro mutante do MCU, diz Oliver Richters

Além disso, descreveu o processo de Johasson como uma anomalia: "Desde o covid-19, fechamos centenas de acordos com talento... Em geral, eles foram bem-sucedidos." Chapek também garantiu que, embora a Disney tenha mudado os planos dos lançamentos durante a pandemia, encontraram formas de recompensar as estrelas cuja os ganhos dependiam da bilheteria.

"Descobrimos maneiras de compensar de maneira justa nosso talento para que, independentemente do modelo de negócios... Todos se sintam satisfeitos," disse. Além de Viúva Negra, Cruella (2021) e Jungle Cruise(2021) também tiveram lançamentos duplos e o CEO explicou como essas decisões são "tomadas filme por filme com base nas condições do mercado global e no comportamento do consumidor."

+++ LEIA MAIS: Homem de Ferro em Viúva Negra? Robert Downey Jr. quase participou do filme; entenda

O processo de Scarlett Johansson contra Disney

Em julho, foi divulgado que Johansson processou a Disney pelo lançamento simultâneo de Viúva Negra nos cinemas e no streaming. A atriz alegou que o contrato com a Marvel previa apenas os lucros da bilheteria tradicional e não do Disney+.

Um representante da empresa respondeu às acusações, declarando: "A Disney cumpriu totalmente o contrato da Sra. Johansson e, além disso, o lançamento de Viúva Negra no Disney+ com Premier Access aumentou significativamente a capacidade de ganhar uma compensação adicional em cima dos US$ 20 milhões que ela recebeu até o momento." 

+++ LEIA MAIS: Viúva Negra até destaca Natasha Romanoff, mas ainda não é suficiente para legado da heroína da Marvel [REVIEW]

Viúva Negra é o primeiro filme solo de Johansson como Natasha Romanoff. Com Florence Pugh, David Harbour e Rachel Weisz, a produção é dirigida por Cate Shortland e acompanha a heroína após Capitão América: Guerra Civil(2016).

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Black Widow (@black.widow)

 


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!