Viúva Negra foi um grande furo da Marvel: bilheteria em queda, adiamentos e Disney+ estão entre os problemas

Viúva Negra foi uma grande decepção de bilheteria, e o Disney+ e até a própria Marvel têm uma parcela de culpa

Vitória Campos (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 19/07/2021, às 21h05

None
Scarlett Johansson como Natasha Romanoff em Viúva Negra (Foto: Divulgação/Disney)

Mesmo não sendo um completo fracasso de bilheteria, Viúva Negra (2021) foi uma grande decepção para a Marvel. Devido à diversos motivos, o filme sobre Natasha Romanoff (Scarlett Johansson) não atendeu às expectativas e teve uma queda expressiva nas bilheterias em na segunda semana de exibição nos cinemas. 

Viúva Negra teve uma ótima estreia nos cinemas e no Premier Access do Disney+, sendo o filme com maior bilheteria no primeiro final de semana de lançamento desde o começo da pandemia. Contudo, durante a segunda semana de exibição, os números despencaram em 67%, ficando atrás até mesmo de Space Jam: Um Novo Legado (2021), o qual conta com diversas críticas negativas. 

+++ LEIA MAIS: Viúva Negra até destaca Natasha Romanoff, mas ainda não é suficiente para legado da heroína da Marvel [REVIEW]

Além disso, adiamentos constantes, o Disney+ e a própria Marvel têm uma parcela de culpa na repercussão e recepção de Viúva Negra. Pensando nisso, confira os motivos do filme ser um grande furo do estúdio:


Deveria ser lançado na fase 4 do MCU

A maioria dos Vingadores principais ganhou filme solo, mas a Viúva Negra foi deixada um pouco de lado pela Marvel, ganhando um longa apenas na Fase 4 do MCU - mesmo com a personagem apresentada na Fase 1. 

+++ LEIA MAIS: Viúva Negra apresentou o primeiro mutante do MCU, diz Oliver Richters

Natasha Romanoff morreu tragicamente em Vingadores: Ultimato (2019), o que fez as expectativas para o filme solo da heroína - ambientado após os eventos de Capitão América: Guerra Civil (2016) - diminuírem. 

Com isso, muitos fãs se questionaram se a Fase 4 seria mesmo a melhor época para a Marvel lançar um filme solo da Viúva Negra, defendendo a ideia de que teria uma melhor recepção dos público se fosse lançado na Fase 2 ou 3, justificando melhor a morte da personagem.

+++ LEIA MAIS: Scarlett Johansson usa valores de Viúva Negra para educar a filha


Lançamento adiado diversas vezes

Devido à pandemia de Covid-19, a estreia de Viúva Negra nos cinemas foi adiada três vezes em mais de um ano. Assim, quando finalmente conseguiu ser lançado, o filme foi ofuscado por outras séries do Disney+, comoWandavision, Falcão e o Soldado Invernal e, até mesmo, Loki

Viúva Negra também precisou lidar com o fato de ser lançado "pós-pandemia," sendo responsável pelo retorno do público aos cinemas. Com isso, a Marvelpercebeu como muitos espectadores ainda não se sentem confortáveis em ir ao cinema e, provavelmente, deve levar isso em conta em lançamentos futuros.

+++ LEIA MAIS: Florence Pugh, Yelena de Viúva Negra, precisou explicar o filme para mãe enquanto assistiam


Disney+ ocasionou na queda de bilheteria 

Por ter estreia simultânea no serviço de streaming do Disney+, muitos fãs optaram por comprar o filme pelo Premier Access, o qual pode ser assistido por uma família inteira, ao invés de cada integrante comprar um ingresso de cinema - resultando em um valor bem mais alto. 

Assim, mesmo com uma grande arrecadação de dinheiro pelo streaming, isso pode ter interferido diretamente na queda de bilheteria, por ser o primeiro filme da Marvel lançado dessa maneira. 

+++ LEIA MAIS: Qual revelação de Viúva Negra é a favorita de Scarlett Johansson?

Pensando assim, o futuro da Marvel nos cinemas e no Disney+é incerto, pois a bilheteria de Viúva Negra foi uma grande decepção para o estúdio.


+++ OS 5 DISCOS ESSENCIAIS DE BOB DYLAN | ROLLING STONE BRASIL