Santo: Netflix anuncia estreia de série protagonizada por Bruno Gagliasso

Ao lado do astro espanhol Raúl Arévalo, o ator brasileiro vive um policial que procura um traficante "sem rosto". Veja o teaser!

Redação Publicado em 03/08/2022, às 15h30

None
Bruno Gagliasso e Raúl Arévalo em cena do trailer (Foto: Reprodução/ Netflix)

Na manhã desta quarta-feira, 03, a Netflixlançou o anúncio de estreia de Santo, nova série da plataforma que tem Bruno Gagliasso como protagonista. Além do brasileiro, a produção ainda conta com Raúl Arévalo, ator espanhol conhecido por Tarde para la ira.

Ambientada em sua maior parte na cidade de Madri, a série narra a história de dois policiais que, juntos, tentam encontrar o traficante Santo, cujas características ninguém sabe descrever. “Ninguém viu seu rosto, mas ele está em todos os lugares”, revelou a Netflix.

+++LEIA MAIS: Brad Pitt fala sobre atuação de Ana de Armas em Blonde: 'Ela está fenomenal'

Na produção, tudo começa com Ernesto Cardona, um agente da Polícia Federal, da unidade antidrogas. Envolvido na busca por Santo, o personagem acaba prendendo a amante do traficante — o que o leva a encontrar o policial espanhol Miguel Millán.

Tudo piora quando Santo assassina a namorada de Cardona depois que Bárbara, sua amante, é detida. A série, então, cai em uma narrativa bastante obscura conforme o personagem de Bruno Gagliasso entra em uma espiral de vingança.

A parceria entre Espanha e Brasil também está na direção da produção, assinada pelos cienastas Vicente Amorim e Gonzalo López-Gallego. Com Victoria Guerra e Greta Fernández em seu elenco, a série estreia em 16 de setembro na Netflix. Confira o teaser oficial:

+++LEIA MAIS: O Exorcista: Atriz de Hereditário é confirmada no elenco do reboot


Amorin na Netflix

Segundo a Variety, Vicente Amorin, o diretor de Santo, também será responsável pela direção da série que a Netflix está desenvolvendo sobre o lendário Ayrton Senna. Responsável por A Princesa da Yakuza (2021) e Um Homem Bom (2008), o cineasta falou sobre a produção:

Já tive muitos ídolos no esporte, mas apenas um herói, o Senna. Eu assisti suas corridas, torci por ele, me inspirei nele e chorei no dia em que ele morreu”, narrou ele, à Variety.

Anunciada pela Netflix em setembro de 2020, a série ainda não tem previsão de estreia. Sabe-se, por enquanto, os oito episódios da produção vão explorar "a intimidade do homem que se tornou um herói nacional e conquistou o mundo" no automobilismo.

+++LEIA MAIS: Série sobre Ayrton Senna será dirigida por Vicente Amorim