Beatles: Shakespeare inspirou 'Let It Be,' revela Paul McCartney

Hamlet, de William Shakespeare, e sonho com a mãe influenciaram composição de Paul McCartney em Let It Be

Dimitrius Vlahos (sob supervisão de Eduardo do Valle) Publicado em 31/03/2022, às 10h05

None
Paul McCartney (Foto: Gustavo Caballero / Getty Images)

Paul McCartney revelou inspirações inusitadas para hit dos Beatles "Let It Be." Segundo o baixista da banda de Liverpool, Inglaterra, peças do conterrâneo William Shakespeare ajudaram criação de versos da música.

Conforme explicou no livro The Lyrics: 1956 to the Present (2021) (via CheatSheet), McCartney estudou Hamlet (1603) no ensino médio, e alguns diálogos o acompanharam até a vida adulta.

+++ LEIA MAIS: Beatles e Rolling Stones: como as bandas se conheceram? [FLASHBACK]

"Lembrei disso recentemente. Enquanto estudava literatura no ensino médio com meu professor preferido, Alan Durband, eu li Hamlet. Naquela época, precisava decorar as falas para citar nas provas," explicou.

Paul mencionou exemplo com o próprio nome da faixa: "'O, I could tell you — But let it be. Horatio, I am dead.' Suspeito que esses versos se implantaram na minha memória de forma inconsciente."

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney não acha que outras bandas poderiam ter o mesmo sucesso dos Beatles

Sonho do baixista com a falecida mãe, Mary McCartney, também influenciou composição. "No sonho, vi minha linda mãe, com rosto gentil em um lugar de paz. Foi muito reconfortante. Ela percebeu como eu estava preocupado com o que acontecia na minha vida e com o futuro, e me disse: 'Tudo vai ficar bem. Deixe estar."

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por The Beatles (@thebeatles)