Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Jungkook, do BTS, se apresenta na abertura da Copa do Mundo

Evento que abre a Copa do Mundo de 2022 aconteceu neste domingo, 20, e ainda contou com Morgan Freeman, Ghanim Al Muftah e Fahad Al-Kubaisi

Redação Publicado em 20/11/2022, às 12h00

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
Fahad Al-Kubaisi e Jung Kook na abertura da Copa
Fahad Al-Kubaisi e Jung Kook na abertura da Copa

A abertura da Copa do Mundo 2022 mobilizou o mundo todo na tarde deste domingo, 20. Transmitido diretamente do estádio Al Bayt, em Al Khor, no Qatar, o evento contou com uma grande cerimônia e com apresentações de grandes nomes, como do cantor Jungkook, do grupo sul-coreano BTS.

O grande evento começou com Morgan Freeman, um dos maiores atores da atualidade, que discursou sobre a importância da inclusão e da união no mundo moderno. Em seguida, o ativista Ghanim Al Muftah, que nasceu com Síndrome de Regressão Caudal, juntou-se ao veterano do cinema no palco.

+++LEIA MAIS: Copa do Mundo 2022: Catar e Fifa proíbem bebidas alcoólicas em estádios; entenda

A música, então, tomou conta do Al Bayt, com diversos artistas interpretando as músicas das torcidas das 32 seleções que irão participar da Copa do Mundo 2022. A abertura do torneio seguiu com uma adaptação de todas as músicas marcantes das Copas anteriores, como “Waka Waka” e "We are one". 

Acompanhadas pela faixa "Waving' Flag", as bandeiras das 32 nações que competem pela taça da Copa foram agitadas no centro do gramado, logo depois da aparição dos mascotes de todos os mundiais anteriores. Com 20 m de altura, foi a vez do mascote oficial da Copa no Qatar, La'eeb, se apresentar.

+++LEIA MAIS: Robbie Williams defende Copa do Mundo no Catar: 'Seria hipócrita por não ir'

Pouco tempo depois, Jungkook, do BTS, subiu no palco acompanhado por dançarinos, para apresentar a exclusiva “Dreamers”. Lançada justamente para a abertura da Copa do Mundo, a faixa ainda contou com a parceria de Fahad Al-Kubaisi, cantor local que apresentou-se ao lado do sul-coereano.

Logo depois da potente apresentação, Morgan Freeman retornou ao palco no centro do estádio, dessa vez para discursar sobre o poder de união do futebol. "Junta nações, comunidades e todos nós temos uma história com o futebol", afirmou o ator, perto do fim da abertura.

Finalizando o evento e abrindo oficialmente a Copa do Mundo, o Emir do Qatar assumiu a cerimônia, discursando sobre a edição do mundial no país e citando o impacto do torneio na união de diferentes povos. Por fim, o mandatário ainda desejou boa sorte aos 32 times que irão competir pela taça.

+++LEIA MAIS: Copa do Mundo 2022: Rod Stewart recusou quase 1 milhão de libras para se apresentar na cerimônia de abertura