Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone
Música / Encontro

Lollapalooza 2024: o que esperar do show dos Titãs?

Nando Reis, Paulo Miklos, Arnaldo Antunes, Charles Gavin, Sérgio Britto, Branco Mello e Tony Bellotto se apresentam no segundo dia de Lollapalooza

Titãs em primeira noite da turnê de reencontro em São Paulo (Foto: Emanuela Lemes)
Titãs em primeira noite da turnê de reencontro em São Paulo (Foto: Emanuela Lemes)

Após diversos anos sem realizar shows com a formação original, os Titãs, originalmente, reuniriam-se nos palcos em uma turnê de 10 datas. Porém, o sucesso de público e comercial foi tanto que a icônica banda de rock brasileira estendeu para 47 shows em 16 estados e 24 cidades. Para encerrar esse ciclo em grande estilo, Nando Reis (vocal e baixo), Paulo Miklos (vocal e guitarra), Arnaldo Antunes (vocal), Charles Gavin (bateria), Sérgio Britto (vocal, teclado e baixo), Branco Mello (vocal e baixo) e Tony Bellotto se apresentarão no Lollapalooza Brasil 2024.

O show em questão está marcado para o segundo dia de festival, no dia 23 de março, no Palco Samsung Galaxy, às 22h35 (horário de Brasília). No mesmo dia, artistas como Supla, BK', Kings of Leon, Hozier, Limp Bizkit e Xamã também se apresentarão no Autódromo de Interlagos.

+++LEIA MAIS: Nando Reis celebra turnê de encontro dos Titãs: 'Grande admiração mútua'

Para o Lollapalooza Brasil 2024, os Titãs terão a missão de encerrar o segundo dia festival - e devem cumprir essa missão tranquilamente. Abaixo, veja tudo o que esperar do show:

Estrutura

Por mais que não seja um show solo da turnê, marcada pela mega estrutura do palco, o grupo deve trazer alguns elementos vistos nas apresentações realizadas em estádios ao longo do país. Além disso, o telão deve ser muito bem utilizado para ilustrar cada música.

+++LEIA MAIS: Titãs: Alice Fromer e a superação da 'ausência irreparável' do pai no palco

Canções marcantes

Por falar em música... a discografia dos Titãs, desde a formação original aos momentos em que a banda não contava com todos os integrantes, é repleta de hits, que devem aparecer no setlist do Lollapalooza, como "Epitáfio," "Sonífera Ilha," "É preciso saber viver" e "Marvin."

Momento acústico

Assim como nos outros shows da turnê de encontro, Titãs devem separar um tempo da apresentação no festival para tocar versões acústicas de algumas músicas. Vale lembrar como Acústivo MTV deles, de 1997, teve ótima repercussão na época e é um dos grandes trabalhos do grupo - além dos ótimos números nas plataformas de streaming de música. Ou seja, "Epitáfio, "Os cegos do castelo" e "Pra dizer adeus" podem ser performadas neste formato.

+++LEIA MAIS: Branco Mello estava preparado para só tocar baixo no Titãs após câncer

Manifestação política

Uma característica presente em parte dos integrantes dos Titãs são as opiniões políticas. Por exemplo, nos shows solo, Nando Reis agradecia a força de plateia ao cantar "Nome aos Bois," e relembrava "o porquê as canções do Titãs ainda têm força nesse país maluco que é o Brasil," com atualização da lista com o nome do ex-presidente Jair Bolsonaro.

Homenagem a Marcelo Fromer

Com certeza, um dos momentos mais emocionantes dos shows dos Titãs era a homenagem que os artistas faziam a Marcelo Fromer, guitarrista morto no dia 13 de junho de 2001 em decorrência de um atropelamento. Para a celebração, eles convidavam Alice Fromer, filha do artista.

+++LEIA MAIS: Branco Mello, dos Titãs, tranquiliza fãs após retirada de tumor: 'Vejo vocês em breve'