Michael Jackson: Por que Freddie Mercury não participou de Thriller?

Freddie Mercury era um grande amigo de Michael Jackson e quase participou de Thriller, um dos maiores discos do Rei do Pop

Mariana Rodrigues (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 30/08/2021, às 20h24

None
Freddie Mercury (Foto: Gill Allen / AP) e Michael Jackson (Foto: Getty Images/ George Rose)

Além de estrelas da música, Freddie Mercury e Michael Jackson eram bons amigos.Jackson revelou ser "um grande fã" do cantor do Queen e até mesmo o convidou para trabalhar em algumas faixas do disco Thriller (1982). (via Express UK)

Em entrevista com Lisa Robinson, Mercury relembrou o início da amizade com o Rei do Pop e como participou do processo de composição do que seria um dos maiores discos da carreira de Jackson. "Acho que uma das faixas estaria no álbum Thriller se eu a terminasse, mas perdi," revelou.

+++ LEIA MAIS: Michael Jackson sentia 'dor e medo do pai' após adulto, segundo Oprah Winfrey

Em entrevista à Radio One, explicou como foram atraídos por terem personalidades e estilos musicais diferentes. "Ainda temos obras de arte inacabadas no cofre. Elas não se concretizaram. No início, ele gostava do Queen e vinha ver todos os nossos shows, nos tornamos amigos e ele disse: 'Por que não fazemos algo juntos?' Isso foi um pouco antes dos dias de Thriller. Fui até a casa dele e fiz três ou quatro demos para ver como funcionariam."

Inicialmente, a faixa "State of Shock" seria um dueto com Mercury, mas o cantor desistiu da ideia e foi substituído por Mick Jagger. "Não consegui completar, então Mick Jagger fez. Eu realmente fiz os vocais. O tempo é tudo," revelou.

+++ LEIA MAIS: Por que Michael Jackson queria destruir fitas do clipe de 'Thriller'?

A estrela do Queen completou: "No momento em que ele queria que eu terminasse, apenas disse: 'Não posso, realmente não tenho tempo.' Estava trabalhando com o Queen. Estava em Munique, ele em Los Angeles. Ele disse: 'Tudo bem se Mick fizer isso?' Eu disse: 'Tudo bem.' Então tudo que resta é a única faixa que escrevemos juntos, chamada 'Victory,' que ele usou como título para o álbum dos Jacksons. É a única faixa que escrevemos juntos."

A amizade de Freddie Mercury com Michael Jackson

Na mesma entrevista com Robinson, Mercury falou sobre as diferenças no estilo de vida dele e de Jackson. "Acho que agora ele só fica em casa. Ele não gosta de sair," disse. "Isso não sou eu. Mas quero dizer, você sabe, essa é a escolha dele. Eu não faria isso, ficaria morrendo de tédio. Tenho que sair todas as noites. Odeio ficar em um quarto por muito tempo de qualquer maneira. Gosto de seguir em frente."

+++ LEIA MAIS: O dia que Michael Jackson ganhou US$ 15 milhões para se apresentar no aniversário do sultão de Brunei [FLASHBACK]

Além disso, Mercury explicou como achava que isso acontecia por Jackson ter entrado muito cedo no mundo da música. "Quando estou falando com ele, penso 'meu Deus, ele tem 25 anos e eu tenho 37, mas ele está no ramo há quase mais tempo do que eu.' Para mim, é meio assustador... Você pensa: 'Alguém que tem 22 ou 25 ou está apenas começando ou o que quer que seja e eu poderia ensiná-lo alguns truques.' Mas não Michael."


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!